Vocalista do trio 3030, rapper Rod promove álbum solo enquanto se reúne com o grupo na Bahia para compor


Previsto para setembro, o disco do artista inclui parceria com Rashid e faixa gravada com o norte-americano The Game. ♪ Trio carioca de rap formado por Bruno Chelles, LK e Rod, 3030 está reunido na Bahia neste mês de agosto em imersão criativa para compor as músicas do próximo disco do grupo.
Enquanto isso, o vocalista Rod – nome artístico do cantor e compositor Rodrigo Parracho – se prepara para lançar em setembro o terceiro álbum solo.
Intitulado Coisas que realmente importam, o álbum – caracterizado por Rod como mixtape – totaliza oito faixas que embutem referências do universo do hip hop da década de 1990 e dos anos 2000, matriz importante na formação musical de Rod.
Anunciado em 23 de julho pelo single Quem eu sou, que apresentou faixa feita com produção musical de Lotto, Nagalli, Paiva e Wey, o álbum Coisas que realmente importam gera um segundo single na sexta-feira, Tô voando.
Capa do single ‘Tô voando’, de Rod com o rapper norte-americano The Game
Divulgação
Faixa produzida produzida por Rick Beatz e 808 Luke, Tô voando junta Rod com o rapper norte-americano The Game, a quem o artista brasileiro tinha homenageado no citado single anterior Quem eu sou, cuja capa aludia à capa do primeiro álbum do rapper dos EUA, The documentary (2005).
Na letra bilíngue de Tô voando, The Game versa em inglês sobre a alardeada malandragem carioca (“I’m out in Rio, runnin’ my bags up / Opps in the way, toes is gettin tagged up / I know the plug, he playin dirty / And I heard from a lil bird / Me and Rod 3030”) enquanto Rod celebra o atual momento com versos como “E nem tô zuando / Domino o jogo só num lance e eu nem tô suando / Atordoando o filme até ganhar o ator do ano / E se atirar pra derrubar é porque eu tô voando / Eu tô voando”.
No álbum Coisas que realmente importam, Rod também verte Lágrimas – parceria com o rapper Rashid, gravada com produção musical de Sativo Beats – e canta Vida de MC, faixa formatada com produção de Terror dos Beats.