Vá além do básico na entrevista de emprego – 15 atitudes importantes para causar uma boa primeira impressão

1. Chegar com pelo menos 15 minutos de antecedência e manter-se concentrado para a entrevista nesses minutos que a antecedem
Não chegue atrasado, isso já fala muito sobre você. E aproveite para deixar o celular guardado enquanto estiver aguardando ser chamado. Aproveite esses minutos para se concentrar, observar o espaço e as pessoas que estão transitando por ali, a observação e a concentração vão ajudar você a se manter presente, com a respiração em ordem e a mente mais tranquila.
2. Estar vestido adequadamente
Claro que cada empresa tem um estilo próprio, mas em geral, uma calça social e uma camisa são coringas imbatíveis. Evite roupas curtas, regatas, barriga de fora ou decotes com cara de sábado à noite. Mesmo que a empresa seja super descolada, deixe as roupas mais diferentes para quando entender qual é o clima do lugar. Também não exagere na formalidade. Mesmo em empresas mais sérias terno e gravata são um exagero para a entrevista. Mas há exceções para funções muito específicas como advogados, por exemplo. Maquiagem e perfume demais também não são bem-vindos.
3. Estar atento para a linguagem corporal
Ficar debruçado sobre a mesa, não fazer contato visual ou ficar se balançando são sinais ruins. Mantenha a postura ereta, relaxado e faça movimentos naturais. Cuidado para não falar baixo ou alto demais e, por favor, sem goma de mascar.
4. Ouvir atentamente, sem interromper demais, mas deixando a conversa fluir
Uma conversa saudável tem escuta ativa, ou seja, você ouve as pessoas até o fim antes de responder. Você pode ter um pouco de tempo para pensar numa resposta. Só não vale interromper demais. Uma ou outra interrupção pode ser natural, mas falar demais e não ouvir vai atrapalhar o fluxo e deixar um ar de que você não ouve.
5. Estar preparado para falar das suas características e sonhos, algo que vá além do papel profissional e que demonstre quais são seus valores e interesses
Quase sempre quem vai entrevistar você quer saber pelo menos um pouco sobre quem você é além do papel profissional. Contar um pouco dos seus sonhos, do que você gosta de fazer quando está em momentos de lazer, sobre os últimos livros que leu e até um pouco sobre sua família, seus valores e interesses na vida cotidiana ajuda o recrutador a entender seu perfil.
Você não precisa dar detalhes sobre relacionamentos ou situações delicadas da sua vida pessoal. Reserve-se ao que gostaria de contar. Você pode sempre começar pela vida pessoal antes de entrar na carreira, afinal, todo mundo, antes de ser um profissional é um ser humano.
6. Fazer perguntas sobre a empresa, sobre os desafios da posição e as condições de trabalho
Você pode e deve fazer perguntas ao entrevistador. Normalmente isso fica reservado mais no final da entrevista mas pode aparecer em outros momentos. Dúvidas como o clima na organização, que tipo de comportamento é valorizado, jornada de trabalho, salário e benefícios. Cuidado apenas para não perguntar sobre remuneração antes de entender o que é exigido para a vaga. Salário é consequência do trabalho realizado, então normalmente você entende o desafio e depois questiona sobre quanto vai receber.
7. Contar 1 ou 2 realizações que fizeram a diferença no trabalho atual ou anterior em 5 minutos
Prepare-se e até treine sua fala para contar 1 ou 2 conquistas práticas que você teve na carreira recentemente. Se você ajudou em algum projeto e fez diferença, diga como foi, como se sentiu e quais foram os resultados alcançados.
8. Declarar as expectativas em relação ao potencial trabalho novo
Contar o que você espera da empresa e do papel que pode ocupar ajuda os recrutadores a entenderem se você é a pessoa certa para a vaga. É melhor você não entrar numa vaga qualquer e perder tempo precioso da sua carreira e da companhia do que entrar esperando por algo que não acontece e logo depois querer sair da empresa ou mudar de área, por exemplo.
9. Mostrar conhecimento sobre a empresa, seus produtos ou serviços e quem sabe até sobre os desafios atuais do negócio
Sempre que um candidato sabe mais da empresa do que se espera o recrutador fica feliz. Isso porque esse é um indício de interesse, de curiosidade por parte do candidato que faz com que você ganhe pontos. Não vá para a entrevista na empresa sem saber pelo menos o que ele faz, qual o tamanho dela e quais são as últimas notícias sobre o momento do negócio. A internet está aí para que esse processo seja mais fácil. Pesquise. E cuidado com temas sensíveis como questões políticas e escândalos não confirmados pela empregadora.
10. Antecipar possíveis preocupações do recrutador
Essa é provavelmente a atitude mais difícil. Para quem está no início de carreira pode parecer impossível, mas programe-se para responder a perguntas sobre as razões da sua saída do trabalho anterior, sobre o fato de você ser bastante qualificado para uma vaga para quem está mais no início da carreira ou sobre a razão pela qual você mudou tanto de trabalho nos últimos anos. Você vai precisar revisar o seu histórico e pensar no que pode ser um ponto de atenção. Entrevistas anteriores que você tenha feito e as razões para não ter conseguido uma vaga anteriormente podem dar a você boas dicas de como se antecipar a essas perguntas.
11. Demonstrar bom ânimo e assertividade
Bater um papo leve e alegre é agradável em qualquer momento. Estar animado na entrevista e desenrolar o papo sem se perder ou se alongar demais vai tornar o processo mais fácil e evitar que quem está ouvindo você se distraia.
12. Não reclamar da empresa atual ou anterior ou pessoas com quem você trabalha ou trabalhou
Não tem nada mais chato do que ouvir alguém reclamando muito. Quando você reclama numa entrevista você sinaliza ao entrevistador que pode vir a ser um problema na empresa e isso vai acender uma luz vermelha em relação ao seu comportamento.
13. Saber falar dos pontos que ainda podem ser desenvolvidos para que você seja um profissional melhor
Ao ouvir a pergunta “o que você ainda tem para desenvolver?” ou “quais são seus pontos negativos?”, não responda que é perfeccionista ou ansioso porque isso é o que todo mundo que não conhece seus pontos fracos ou não quer falar sobre eles responde. Vá para a entrevista depois de refletir o que você pode melhorar e tenha a sua fala treinada. Esse é um ponto muito importante em qualquer entrevista de emprego.
14. Ser você mesmo
Autenticidade é importante para que as expectativas estejam alinhadas desde o início do processo e além disso vai manter você mais relaxado durante o processo. Mantenha a comunicação no nível de formalidade da empresa, não tente fingir algo que você não é porque as pessoas percebem.
15. Agradecer a entrevista e o tempo dos recrutadores
É simpático e deixa um clima positive no fechamento desse primeiro encontro.