Unicamp 2022: prova da 1ª fase do vestibular é aplicada para 63,2 mil neste domingo; veja orientações


Exame reúne 72 testes, começa às 13h e tem duração de cinco horas. Portões em locais de prova abrem às 12h e comissão orienta candidato a chegar com antecedência e a evitar aglomeração. Diretor da comissão do vestibular da Unicamp dá dicas aos candidatos para 1ª fase
A Unicamp aplica na tarde deste domingo (7) a prova da 1ª fase do vestibular 2022 para 63,2 mil candidatos inscritos no processo seletivo. O exame reúne 72 questões de múltipla escolha e começa às 13h, com duração de cinco horas – total que representa uma hora a mais do que na edição anterior. Veja abaixo o que o estudante pode levar, o que está proibido e as orientações contra a Covid-19.
A universidade estadual oferece 2.540 vagas em 69 cursos de graduação. Segundo a comissão organizadora do vestibular (Comvest), os portões dos locais de prova abrem às 12h e a orientação é para que o estudante chegue com antecedência, para evitar possível atraso e a perda do avaliação.
O g1 terá neste domingo correção comentada e gabarito extraoficial da 1ª fase, após a prova.
Outro pedido da instituição é para que os candidatos não se aglomerem nos acessos e mantenham distanciamento mínimo de 1 metro até a entrada em sala. O uso de máscara é obrigatório.
A 1ª fase do vestibular é aplicada em 31 cidades do estado de São Paulo, além de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Salvador (BA). Ao todo são 1,7 mil salas de prova.
Segundo a Comvest, o local de exame com mais candidatos reunidos é o campus da II da Unip, em Campinas (SP), com 3,9 mil estudantes distribuídos entre 100 salas. Na sequência está o campus I da PUC-Campinas, onde serão avaliados 3,3 mil candidatos distribuídos entre 82 espaços de aula.
A lista de aprovados nesta etapa será divulgada em 13 de dezembro, enquanto as avaliações da 2ª fase do exame estão programadas para os dias 9 e 10 de janeiro de 2022. Veja abaixo o calendário.
Candidatos na primeira prova da 1ª fase do vestibular 2021 da Unicamp
Felipe Mateus / Unicamp
Conteúdo da prova
A prova tem o seguinte número de questões por matéria, cada uma delas com quatro alternativas:
12 de língua portuguesa e literatura;
12 de matemática;
8 de cada disciplina: biologia, física, geografia/sociologia, história/filosofia, inglês e química.
Obras literárias
Carta de Achamento do Brasil – Pero Vaz de Caminha;
Niketche – uma História de Poligamia – Paulina Chiziane;
Tarde – Olavo Bilac;
Bons dias – Machado de Assis;
Sonetos escolhidos – Luís de Camões;
Sobrevivendo no inferno – Racionais MC’s;
Conto: O seminário dos ratos – Lygia Fagundes Telles;
O marinheiro – Fernando Pessoa;
A falência – Júlia Lopes de Almeida;
O ateneu – Raul Pompeia;
Estudantes durante a 1ª fase do vestibular 2021 da Unicamp
Felipe Mateus / Unicamp
Unicamp 2022: contra Covid, 1ª fase mantém distância entre candidatos, telemedicina e cria nova regra para alimentação
O que levar para a prova?
álcool em gel e máscaras extras, em caso de necessidade de troca no decorrer da prova
documento de identidade original indicado na inscrição;
caneta de cor preta em material transparente, lápis preto e borracha;
régua transparente e compasso;
água, sucos, doces;
uso de bermudas e vestimentas leves
“Os candidatos poderão tomar água/sucos na sala. Está proibido o consumo de alimentos nas salas, mas serão disponibilizados espaços abertos e controlados para esse fim”, destaca nota da Comvest.
A comissão destaca que o candidato pode ser desclassificado caso descumpra as regras. Além disso, ela ressalta que deve permanecer em casa o estudante que estiver com suspeita de Covid-19.
O que NÃO pode levar?
aparelho celular (deve ser desligado imediatamente após a entrada do candidato na sala e colocado em embalagem; pode ser retirado após o candidato deixar o prédio);
equipamentos eletrônicos, relógios digitais, corretivo líquido, lapiseira, caneta marca texto, bandana/lenço, boné, chapéu, ou outros materiais estranhos à prova;
o candidato pode usar relógio para controlar o tempo, mas ele deve ficar no chão.
Perfil dos inscritos
O número de candidatos inscritos no vestibular 2022 da Unicamp diminuiu 18,4% no comparativo com a edição anterior, marcada pelo recorde de 77,6 mil interessados. Além disso, segundo a Comvest, no atual processo seletivo o grupo de estudantes oriundos da rede pública chega a 30,5%, o menor percentual verificado desde 2017. À época, o indicador registrado pela universidade foi de 30,2%.
“Apesar da queda no número de candidatos, a Comvest manteve o índice de cerca de um terço de estudantes oriundos de escolas públicas, e o percentual de estudantes autodeclarados pretos e pardos próximo dos 20%”, diz nota da comissão sobre as estatísticas.
Dez cursos mais concorridos
medicina
arquitetura e urbanismo
ciência da computação
ciências biológicas
engenharia da computação
comunicação social – midialogia
farmácia
enfermagem
ciências econômicas
história
Calendário do vestibular
18/11: divulgação dos aprovados na prova de habilidades específicas em cursos de música;
13/12: publicação da lista de aprovados na 1ª fase, locais de prova da 2ª fase e notas de corte;
09 e 10/01/2022: aplicação de provas da 2ª fase;
13 a 15/01: provas de habilidades específicas para arquitetura e urbanismo, artes cênicas, artes visuais e dança;
14/02: divulgação da primeira chamada de aprovados no vestibular;
15 a 17/02: matrícula on-line dos aprovados em primeira chamada;
O calendário completo está disponível no site da Comvest.
Initial plugin text
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no g1 Campinas.