Unicamp 2022: comissão prevê apuração e novas orientações de fiscais para 2ª fase após grupo perder 1h de prova em SP


Candidatos em uma sala de Mogi das Cruzes foram liberados antes do prazo estipulado para realização da prova. Universidade diz que caso foi pontual e nenhum estudante será prejudicado. O diretor da Comvest, José Alves de Freitas Neto
Antoninho Perri / Unicamp
A Unicamp fará uma apuração interna e terá reforço nas orientações e treinamentos de profissionais que atuarão na 2ª fase do vestibular 2022, prevista para janeiro, após candidatos em uma sala de Mogi das Cruzes (SP) perderem uma hora de prova durante a 1ª fase, no domingo (7). A universidade estadual diz que o caso foi isolado, não recebeu outras queixas e nenhum candidato será prejudicado.
Dez dias antes da prova, a comissão organizadora (Comvest) elevou o tempo de prova de quatro para cinco horas. Entretanto, uma fiscal que aplicou a prova em uma universidade de Mogi das Cruzes concedeu apenas quatro horas aos estudantes. Com isso, os 28 candidatos que estavam nesta sala foram liberados antes do prazo. A Unicamp decidiu que eles estão classificados diretos para a 2ª fase.
“Era uma fiscal experiente. Participou de outros vestibulares com pleno êxito. A cada processo os colaboradores recebem notas e comentários por parte dos coordenadores de escolas”, disse o diretor da Comvest, José Alves de Freitas Neto. A fiscal não poderá atuar nos trabalhos da próxima etapa.
Segundo ele, coordenadores deste local de prova em Mogi das Cruzes foram advertidos, mas haverá “apuração sobre outras responsabilidades”. A comissão destacou também que os profissionais foram orientados a indicar no quadro o horário para fim da avaliação, cinco horas após a abertura dos cadernos. A universidade oferece 2.540 vagas em 69 cursos de graduação.
“Será um procedimento interno da Comvest. Ainda estamos analisando a possibilidade de outras medidas para além do reforço de orientações”, explicou. Ao todo, 2,1 mil fiscais e 800 fiscais trabalharam durante a 1ª fase do vestibular. O exame reuniu 58,4 mil estudantes em 31 cidades de São Paulo, além de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Salvador (BA).
CORREÇÃO EXTRAOFICIAL COMENTADA; veja aqui
Saiba como foi a cobertura em tempo real da prova
FOTOS da primeira fase do vestibular
Veja memes sobre lacração e dificuldade da prova
Candidatos deixam campus da Unip em Campinas, o maior local de provas do Vestibular 2022 da Unicamp
Rubens Morelli/g1 Campinas
Novas orientações
Ainda de acordo com Freitas Neto, o treinamento para coordenadores ocorrerá em dezembro, enquanto fiscais serão reorientados em janeiro. Na primeira fase atuaram 2,1 mil fiscais e quase 800 auxiliares em 60 escolas, enquanto o total para a 2ª fase ainda será definido.
“Temos o maior respeito e consideração por todos os candidatos e sempre buscamos aprimorar nossos procedimentos de aplicação, consolidando a confiança e credibilidade da Comvest […] Houve uma falha em uma sala de um total de mais de 1.700”, enfatizou Freitas Neto.
A lista de aprovados nesta etapa será divulgada em 13 de dezembro, enquanto as avaliações da 2ª fase do exame estão programadas para os dias 9 e 10 de janeiro de 2022. Confira abaixo o calendário.
Dez cursos mais concorridos
medicina
arquitetura e urbanismo
ciência da computação
ciências biológicas
engenharia da computação
comunicação social – midialogia
farmácia
enfermagem
ciências econômicas
história
Calendário do vestibular
18/11: divulgação dos aprovados na prova de habilidades específicas em cursos de música;
13/12: publicação da lista de aprovados na 1ª fase, locais de prova da 2ª fase e notas de corte;
09 e 10/01/2022: aplicação de provas da 2ª fase;
13 a 15/01: provas de habilidades específicas para arquitetura e urbanismo, artes cênicas, artes visuais e dança;
14/02: divulgação da primeira chamada de aprovados no vestibular;
15 a 17/02: matrícula on-line dos aprovados em primeira chamada;
O calendário completo está disponível no site da Comvest.
Initial plugin text
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no g1 Campinas.