Um mês de lives… De Gusttavo Lima no churrasco a Ivete de pijama: 12 momentos icônicos


Gatonet, tombo de Ludmilla, Anitta gospel e recordes de Marília Mendonça e Wesley Safadão estão em lista do G1. Ouça análises e relembre transmissões que bombaram da quarentena. Gusttavo Lima, Roberto Carlos, Ivete Sangalo e Marília Mendonça fizeram algumas das lives mais comentadas nos últimos 30 dias
Reprodução/YouTube dos artistas e Reprodução/TV Globo
Há um mês, Gusttavo Lima pediu uma asinha de frango, bebeu cerveja direto da garrafa, quase se esqueceu do nome da esposa, mandou alô até para a empresa que instalou o sistema de energia solar da casa dele.
E também cantou com carisma e talento 100 músicas em 5 horas, 6 minutos e 37 segundos de transmissão ao vivo. A live daquele dia 28 de março se tornou um modelo.
O formato de unir repertório diversificado, produção caprichada, pedido de doações e muita propaganda pegou nos tempos de isolamento por causa da pandemia da Covid-19.
A única mudança mais perceptível foi o aumento da preocupação com a segurança dos profissionais envolvidos na live: os artistas passaram a tomar mais cuidado com aglomerações.
Para celebrar um mês da live que deu nova cara ao formato no Brasil, o G1 lista abaixo 12 momentos das lives brasileiras nos últimos 30 dias.
Marília Mendonça e um recorde
Marília Mendonça em sua primeira grande live no YouTube, no dia 8 de março
Caio Rocha/FramePhoto/Estadão Conteúdo
Durante a primeira live de Gusttavo Lima, ele conseguiu reunir até 750 mil fãs assistindo ao mesmo tempo. Depois, Jorge e Mateus (3,2 milhões simultâneos) e Marília Mendonça voltaram a bater o recorde (3,3 milhões).
Para limitar o número de envolvidos, o acompanhamento musical foi feito através de playback (gravação dos instrumentos sem a voz). Leia mais.
Safadão e outro recorde
Safadão e Tirulipa durante live
Reprodução/YouTube/WesleySafadao
Wesley Safadão cantou, falou e brincou com o humorista Tirullipa em uma live que durou mais de 10 horas e teve pico de 1,8 milhão de visualizações simultâneas. Entre os cantores famosos, ninguém ficou tanto tempo no ar.
O show ao vivo, transmitido no YouTube, começou pouco depois das 20h do sábado (18 de abril) e terminou com o cantor e o comediante tomando café da manhã no domingo. Leia mais.
Dennis DJ, o cara da after
Se a live sertaneja é o maior fenômeno pop do Brasil na quarentena, Dennis DJ vem logo depois. O veterano do funk que já fazia o circuito de rodeios do país agora virou do DJ oficial do “after” das transmissões online.
Dennis falou ao G1 (ouça no podcast acima) sobre o sucesso de suas discotecagens em noites de isolamento. Ele também abriu bastidores: a filha Tília, e os dois irmãos Daniel e Fabíola, que estão passado a quarentena com ele em casa, viraram equipe de produção. Leia mais.
‘Gatonet de lives’
Muita gente que só queria ver uma livezinha tranquilamente, durante o isolamento social por causa da pandemia da Covid-19, acabou sendo vítima de um golpe. Criminosos criaram uma “gatonet de lives” e vêm tentando roubar dinheiro de fãs. Leia mais.
Anitta gospel
Anitta canta músicas religiosas em live neste domingo (26)
Reprodução/YouTube/Anitta
Anitta fez uma live cantando músicas religiosas, em transmissão que fez parte da programação do festival “Ao Vivo Pela Vida”, liderado por Enzo Celulari.
Além de louvores evangélicos e músicas gospel, a transmissão também teve mensagens de líderes de diferentes religiões. Leia mais.
Ivete de pijama
Ivete Sangalo na live da noite de sábado, 25 de abril
Reprodução
Ivete estava em casa, no palco improvisado à frente da cozinha. E foi de casa que a artista fez rolar a festa para todo o Brasil ao inaugurar o projeto “Em casa” – da TV Globo e do Globoplay.
Foi um show com o já notório carisma, com a voz tinindo e com um repertório pontuado por hits carnavalescos da música baiana. Com participação do marido e do filho, aperformance teve duas horas e meia. Leia mais.
Lives proibidonas
Pk Delas (centro) e Gabriel do Borel (topo e abaixo) reagem enquanto mulheres dançam em lives no Instagram
Reprodução/Instagram/pkdelas/djgabrieldoborel
Enquanto mulheres dançam e, em alguns casos, tiram a roupa, funkeiros como Gabriel do Borel e PK Delas incentivam, comemoram e atuam como DJs em lives no Instagram. São transmissões ao vivo na rede social, em que os artistas e seus amigos aparecem em uma janela, fazendo um DJ set.
Na outra janela, eles adicionam fãs, que estão dispostas a rebolar e até se masturbar ou receber sexo oral do parceiro ao som da live. As “lives proibidonas” começaram no início deste mês e entraram na mira do Instagram, porque não respeitam as diretrizes da rede social. Leia mais.
Bruno fanfarrão
Bruno canta durante live de Bruno e Marrone
Reprodução/YouTube/Bruno e Marrone
A live de Bruno e Marrone não teve apenas músicas, visualizações e doações. A transmissão on-line do show de quarentena da dupla também teve Bruno chorando, fazendo declarações de amor para Marrone e uma “ventania” declarada pelo cantor após um desequilíbrio.
Pulos, sofrência e frases que chamaram atenção dos espectadores também foram destaques. “Uma coisinha só: comunismo e capitalismo. Acho que tem que equilibrar mais. Nem tanto ao céu, nem tanto ao inferno. Acho que tem que ser mais equilibrado”, disse. Leia mais.
Roberto Carlos, o rei
Roberto Carlos pede uso de máscaras
Reprodução/GloboPlay
Com roteiro que surpreendeu ao incluir “Caminhoneiro”, “Jesus salvador” e “Todos estão surdos”, a apresentação ao vivo de Roberto Carlos foi vista por mais de um milhão de fãs na noite de 19 de abril. Foi também a comemoração do 79º aniversário do cantor.
Nas brechas do roteiro do show transmitido pelo Globoplay e pelo YouTube (com as duas primeiras músicas exibidas no “Domingo do Faustão”), Roberto falou do uso da máscara para evitar a contaminação. Ele também exaltou os heróis que trabalham durante a pandemia como os profissionais de saúde e os caminhoneiros. Leia mais.
Ludmilla na piscina
Ludmilla cai na piscina durante live
Reprodução/YouTube/Ludmilla
Ludmilla levou um tombo e caiu em uma piscina durante sua live transmitida no YouTube. A queda aconteceu enquanto ela fazia uma cover em ritmo de pagode de “Planos Impossíveis”, música de Manu Gavassi.
“Alguém poderia ter botado uma proteção ali”, disse a cantora, logo após o tombo. Ela não se machucou. Leia mais.
Jorge, Mateus e uma polêmica
Foto compartilhada nas redes sociais com aglomeração nos bastidores de live de Jorge e Mateus chama a atenção
Reprodução/Instagram
Durante a transmissão da live Jorge e Mateus, no dia 4 de abril, circulou nas redes sociais uma imagem que mostra a aglomeração de pessoas nos bastidores. A imagem chamou a atenção dos fãs, já que é intenso o pedido para isolamento social para evitar a disseminação do coronavírus.
Segundo Jorge, a gravação contava apenas com quem “era realmente essencial”. O cantor disse ainda que “estavam tomando todos os cuidados necessários’. “Tem mais álcool em gel aqui do que cerveja”, brincou. Leia mais.
Sandy e Junior em família
Junior, Lucas Lima e Sandy cantam em show pela internet
Reprodução/YouTube
A live de Sandy e Junior no dia 21 de abril chegou a ter 2,5 milhões de pessoas assistindo ao mesmo tempo. Os dois irmãos fizeram uma apresentação em família, com o pai Xororó, a mãe Noely e o marido Lucas Lima participando.
A transmissão no YouTube foi após Sandy cantar separada de Junior em uma live anterior, em união por meio de videoconferência. Na segunda vez, eles cantaram sucessos como “Eu acho que pirei”, “As quatro estações” e “Imortal”. Xororó foi convidado de surpresa para cantar “Evidências”. Leia mais.