UFV e UFSJ esperam orçamento menor em 2021; UFJF aguarda aprovações das leis orçamentárias


A tendência é que a Lei de Diretrizes Orçamentárias seja votada em fevereiro ou março do ano que vem. Confira mais sobre o levantamento realizado pelo G1 com as instituições federais da Zona da Mata e Vertentes. Universidade Federal de Viçosa
UFV/Divulgação
Para saber como está a previsão do orçamento nas instituições federais na Zona da Mata e Campo das Vertentes para 2021, o G1 realizou um levantamento com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a Universidade Federal de Viçosa (UFV) e a Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ).
Em contato com a reportagem, a UFJF informou que depende da aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para ter um valor exato de quanto poderá contar para o próximo ano. Já a UFV e UFSJ informaram valores menores que de 2020.
A tendência que a LDO seja votada em fevereiro ou março do ano que vem em Brasília (DF). A Constituição prevê que a proposta de determinado ano deve ser enviada pelo Executivo ao Congresso até 31 de agosto do ano anterior – o que aconteceu em 2020. Veja mais informações abaixo.
UFV
Universidade Federal de Viçosa
UFV/Divulgação
Segundo a UFV, o orçamento total previsto é de R$ 85.751.447 em 2021. Já o de 2020, foi de R$ 101.065.319.
Em nota, a instituição afirmou que “houve um corte linear de 16,5% em todas as ações orçamentárias. Assim, caso o mesmo não seja revisto pelo Congresso, a UFV terá que reavaliar as principais despesas para conseguir cumprir as atividades de ensino, pesquisa e extensão”.
Graduações
A UFV oferece cursos de graduação em três campi. São eles: Viçosa, Florestal e Rio Paranaíba. Os cursos são divididos nas modalidades de Bacharelado, Licenciatura e Superior de Tecnologia, em áreas como: Ciências Agrárias; Ciências Biológicas e da Saúde; Ciências Exatas e Tecnológicas; Ciências Humanas; Letras e Artes.
UFSJ
Campus Santo Antônio em São João del Rei da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ)
UFSJ/Divulgação
De acordo com a UFSJ, o orçamento da instituição é dividido em:
Despesas obrigatórias: consiste em folha de pagamento, pensionistas e encargos que compõem recursos sobre os quais a Universidade não tem gestão – eles são gerenciados pelo Governo Federal e a instituição realiza os processos administrativos para a execução;
Despesas discricionárias: são aplicadas no funcionamento da UFSJ como um todo, como água, luz, terceirização e outros;
Despesas de investimento: a quantia é para compra de livros, equipamentos e realização de obras.
Para 2021, as despesas discricionárias e de investimento sofrerão um corte de 18,46%. Por isso, os valores calculados são:
Despesas obrigatórias: R$ 257.161.496
Despesas discricionárias: R$ 59.860.301
Despesas de investimento: R$ 1.902.787
Totalizando R$ 318.924.584
Neste ano, a UFSJ havia informado que a quantia orçada para 2020 era de R$ 344.173.658. Ou seja, o valor para 2021 será menor. A quantia total é destinada para os seis campi. Veja eles:
Campus Santo Antônio: em São João del Rei
Campus Dom Bosco: em São João del Rei
Campus Tancredo Neves: em São João del Rei
Campus Centro Oeste “Dona Lindu”: em Divinópolis
Campus Alto Paraopeba: em Congonhas/Ouro Branco
Campus Sete Lagoas: em Sete Lagoas
Graduações
A UFSJ foi instalada em 21 de abril de 1987 como Fundação de Ensino Superior de São João del Rei (FUNREI). No ano de 2002 foi transformada em Universidade. A instituição tem cursos de Bacharelado e Licenciatura em várias áreas.
UFJF
Campus em Juiz de Fora da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Carlos Mendonça/Prefeitura de Juiz de Fora
Em nota, a UFJF informou que a instituição precisa das aprovações das leis orçamentárias para apresentar, discutir e votar no orçamento para o próximo ano.
Em fevereiro deste ano, a Universidade explicou que o valor esperado para 2020 era de R$ 909.970.080.
Graduações
A UFJF oferece em torno de 4.600 vagas anuais para 93 cursos presenciais e a distância nos dois campi, em Juiz de Fora e Governador Valadares. São ofertadas modalidades de Bacharelado e Licenciatura, em período integral ou noturno, em todas as grandes áreas de conhecimento.