UFSCar adia divulgação da lista de espera do Sisu por determinação do MEC


Ministério da Educação não deu explicações sobre o motivo do adiamento e informou que convocação estará disponível na segunda-feira (10). UFSCar diz que calendário está mantido. Sisu 2020
Reprodução
A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) emitiu um comunicado, na tarde desta sexta-feira (7), avisando os candidatos que a divulgação da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi adiada.
Segundo o comunicado, postado no site e nas redes sociais da universidade “por recomendação do Ministério da Educação (MEC), a lista de espera, que deveria ser divulgada nesta sexta-feira, dia 7 de fevereiro, será divulgada oportunamente, quando o próprio MEC liberar as listas de espera definitivas”.
Ainda de acordo com a universidade, as demais datas do calendário de matrícula estão mantidas (confira as datas no edital). A nota é assinada pelo Pró-Reitor de Graduação, Prof. Dr. Ademir Donizeti Caldeira.
UFSCar comunica adiamento da divulgação da lista de espera do SiSU
Reprodução Facebook
O G1 tentou uma explicação da UFSCar sobre o motivo do adiamento e a expectativa de uma nova data de divulgação, mas a assessoria disse que as informações disponíveis eram as que estavam no comunicado.
O G1 também procurou o Ministério da Educação (MEC), que disse que a lista será divulgada na segunda-feira (10) e que não iria dar mais explicações.
Lista deveria ser divulgada nesta sexta
Na manhã desta sexta-feira, o MEC divulgou nota confirmando a divulgação da convocação da lista de espera para o Sisu. A data também havia sido confirmada pela UFSCar no calendário de matrícula da universidade.
MEC confirmou convocação da lista da segunda chamado do SiSU, mas depois adiou a divulgação
Reprodução
Mas, ao ser contatada pelo G1, a assessoria do MEC informou que o site informava a data de 10 de fevereiro para a divulgação e que era somente isso que o Ministério iria dizer.
Na quinta-feira (6), estudantes reclamaram de erro na lista de espera, alegando que o site não considerou a inscrição na lista de espera no caso dos que escolheram apenas uma opção de curso.
Site do SiSU aponta nova data para a divulgação da lista de espera
Reprodução site SiSU
A atual edição do Sisu foi marcada por reclamações e questionamentos judiciais. O próprio resultado do Sisu 2020 só foi liberado após o STJ atender um recurso do MEC em ação que questionava a conduta do governo federal na resolução de erros na correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Em outro questionamento, o Ministério Público Federal (MPF) de Brasília solicitou esclarecimentos sobre cursos que tiveram um número inferior de vagas destinadas ao percentual da população com deficiência.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.