Twitter lançará nova ferramenta contra fake news nas eleições da UE

Ferramenta estará disponível de 29 de abril a até uma semana após as eleições

Ferramenta estará disponível de 29 de abril a até uma semana após as eleições
REUTERS/Dado Ruvic/Illustration/File Photo

A empresa norte-americana de mídia social Twitter lançará uma nova ferramenta na semana que vem para facilitar aos usuários a sinalização de tentativas deliberadas de enganar eleitores que participarem das principais eleições do Parlamento Europeu no próximo mês.

O Twitter, junto com o Google e o Facebook, está sob pressão para ser mais proativo em relação a notícias falsas destinadas a corroer processos democráticos e alimentar tensões sociais e políticas.

A Comissão Europeia, em seu relatório de março sobre os três gigantes da tecnologia, disse na terça-feira que as empresas ainda estão aquém de sua promessa de conter a disseminação de notícias falsas.

“Hoje, estamos ampliando ainda mais nossas ferramentas nessa área, criando um recurso para permitir que os usuários reportem mais facilmente esse conteúdo para nós”, disse o Twitter em um blog.

Os usuários que veem um tweet com informações enganosas podem reportá-lo clicando em um menu suspenso, selecionando “É enganoso sobre votação”, escolhendo uma opção que explique como o tweet é enganoso e enviando o relatório para o Twitter.

Exemplos de informações enganosas incluem dizer aos eleitores para votar por meio de uma mensagem de texto, e-mail ou telefonema, os requisitos de identificação, e a data ou hora de uma eleição.

A nova ferramenta estará disponível de 29 de abril a até uma semana após as eleições do Parlamento Europeu, que ocorrem de 23 a 26 de maio. Será lançada na Índia, onde as eleições gerais estão em andamento, na quinta-feira (24).

Aprenda como usar o sticker de testes no Instagram Stories