Twitch começa a banir contas permanentemente após denúncias de abuso


Plataforma de transmissão de vídeos não especificou quantos perfis foram desativados, mas disse que priorizou ‘casos mais graves’. Logo da Twitch
Reprodução
A plataforma de transmissão de vídeos Twitch afirmou nesta quarta-feira (24) que começou a banir de forma permanente perfis de usuários denunciados por abuso.
A empresa não revelou o número de contas desativadas, mas disse em uma publicação em seu blog que priorizou “os casos mais graves”.
A ação acontece depois de uma série de denúncias feitas nos últimos dias por dezenas de mulheres, que revelaram histórias de abuso envolvendo gamers, influenciadores, empresários e outras personalidades da indústria dos jogos e dos esportes eletrônicos.
Parte das acusações envolvem nomes conhecidos da plataforma, que reúne transmissões de jogadores e de competições de eSports.
“Em muitos dos casos, o incidente alegado aconteceu fora da Twitch, e nós precisamos de mais informação para tomar uma atitude. Em alguns casos, vamos precisar reportar o caso às autoridades competentes que estão melhor posicionadas para conduzir uma investigação mais minuciosa.”
Mesmo com a publicação, alguns dos acusados ainda têm contas ativas no serviço. O canal do streamer SayNoToRage, conhecido por transmissões do jogo “Destiny 2”, continua disponível.
A primeira acusação contra ele foi feita por uma outra usuária. Ela relatou um encontro, em que o gamer a teria tocado de forma inapropriada enquanto os dois jogavam juntos, em 2017.