Troféu Mulher Cidadã 2018 será entregue nesta segunda-feira em Juiz de Fora


Cerimônia no Teatro Paschoal Carlos Magno irá premiar 15 mulheres, que se destacaram pelos serviços relevantes ao município e à comunidade. Troféu Mulher Cidadã 2018 será entregue para o Coletivo Guerreiras de Clara
Reprodução/Facebook
Quinze mulheres serão agraciadas com o “Troféu Mulher Cidadã” às 19h30 desta segunda-feira (26) pela Prefeitura de Juiz de Fora, no Teatro Paschoal Carlos Magno. É uma homenagem a mulheres que se destacaram nas áreas de atuação, prestando serviços relevantes ao município e à comunidade.
O prêmio foi estabelecido pela Lei Municipal 12.236 de 2010 e entregue em março, mês de celebração das lutas, representatividade na sociedade e valorização feminina. Uma comissão formada por representantes de diversos setores públicos e instituições representativas da cidade realizou a escolha das agraciadas.
Conheça as mulheres que receberão o troféu nas 15 categorias em 2018:
– Artes: Andrea Sperandio Ventura Braga – Gerente-administrativa da Associação Cultural Arte e Vida (Acav), responsável pela execução do programa “Gente em Primeiro Lugar”, alcançando mais de 3 mil crianças e adolescentes com oficinas e de arte e cultura.
– Assistência Social: Helena Maria Milagres Belo – Monitora nacional da Federação das Apaes. Desde julho de 2017, é interventora da Apae de Juiz de Fora.
– Comunicação: Tâmara Lis Reis Umbelino – Doutora em Ciências Sociais e especialista em Políticas Públicas, possui graduação em Comunicação Social. Atuou no mercado como produtora, repórter e coordenadora de jornalismo. Fez parte da equipe responsável pela implantação do projeto Bem Comum, da Prefeitura.
– Cultura: Guerreiras de Clara – Projeto musical que homenageia a intérprete Clara Nunes. O coletivo, formado exclusivamente por mulheres, destacou-se no cenário musical da cidade e região.
– Direitos Humanos: Zuleyce Maria Lessa Pacheco – É professora-adjunta da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Pesquisadora e coordenadora de grupos de pesquisa e projetos, onde tem se notabilizado na luta pela Diversidade Étnica, Racial, Cultural, Sexual e de Gênero.
– Educação: Márcia Medeiros Mota – É reitora do Centro Universitário Estácio Juiz de Fora desde julho de 2015 e também é diretora de Núcleo Zona da Mata da Faculdade Estácio de Sá, instituição parceira de diversos trabalhos e de ações sociais do município.
– Esporte: Karla Mesquita Belgo – Especialista em Educação Física e psicóloga esportiva. Atualmente, coordena o programa “JF Paralímpico” da Prefeitura, que propicia a prática de exercícios físicos e a melhoria na qualidade de vida das pessoas com deficiência.
– Geração de Emprego: Ana Luisa Mendonça Arbex – Formada em Comunicação Social, destaca-se no ramo empresarial mostrando talento empreendedor. Como empresária, administra o Shopping Jardim Norte, que tem dado espaço para diversas manifestações culturais e sociais.
– Justiça: Ellen Cristina Carmo Rodrigues Brandão – Advogada e professora da Faculdade de Direito da UFJF. Coordena o projeto de extensão acadêmica “Além da Culpa: Justiça Restaurativa para adolescentes”. Atua na Casa da Mulher, na área de justiça restaurativa.
– Música: Bethania Maria de Araujo Mota – Ingressou como docente no Conservatório Estadual de Música Haidée França Americano de Juiz de Fora em 1975, como professora. Como diretora da entidade, liderou intensificada campanha em prol da aquisição da sede própria do conservatório.
– Política: Samantha Maria Borchear – Militante de movimentos sociais desde a juventude. Atuou em conselhos municipais, associações de moradores e entidades de luta por pessoas com deficiência. É a atual Ouvidora Municipal de Saúde.
– Saúde: Vânia Maria Freitas Bara – É professora associada da UFJF na Faculdade de Enfermagem. É Ouvidora Especializada em Ações Afirmativas da Universidade, onde realiza trabalho de luta contra a discriminação, o preconceito e a violência.
Delegada Patrícia Ribeiro receberá o Troféu Mulher Cidadã em 2018
Roberta Oliveira/G1
– Segurança Pública: Patrícia Ribeiro de Souza Oliveira – Ingressou na Polícia Civil em 1992. Em 2015, foi promovida a delegada de polícia nível especial. Desde 2016, é a delegada regional de Polícia Civil de Juiz de Fora e, em setembro de 2017, foi promovida a Delegada Geral de Polícia Civil.
– Terceira Idade: Rita de Cássia Petronilho Barbosa – Pedagoga e especialista em Saúde do Idoso e Gerontologia. Atua na Faculdade Metodista Granbery na FaMIdade, a Faculdade Aberta à Melhor Idade, onde ministra as disciplinas e oficinas com base em temas como leitura, saúde e cultura, voltadas à terceira idade.
– Trabalhos Sociais: Maria Lamoglia Jabour – Reconhecida por relevantes serviços sociais. Participou do Grupo solidariedade Pró-habitacão e da construção e entrega de mais de 600 casas no Bairro Caiçaras. Criou a Associação Ecumênica de Apoio Jurídico aos encarcerados.

Powered by WPeMatico