Trilha de Bia Ferreira na semifinal do boxe tem funk, pisadinha e hits do TikTok


‘Favela chegou’, ‘Bipolar’ e ‘Não, não vou’ entraram em ringue nesta quinta-feira (5) junto com atleta, que garantiu lugar na disputa pelo ouro na categoria peso leve dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Bia Ferreira vai à final em Tóquio
Luis ROBAYO / AFP Photo
Bia Ferreira levou três representantes da música nacional para o ringue durante a semifinal do boxe na categoria peso leve (até 60 kg). Nesta quinta-feira (5), a atleta baiana garantiu vaga na final e disputa agora o ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio.
Bia escolheu “Favela chegou”, hit de Ludmilla e Anitta, para sua entrada no ringue.
A faixa foi lançada em fevereiro de 2019 e foi a primeira parceria entre as artistas antes da briga pública das duas no ano seguinte.
Após a vitória, bem mais leve com a conquista, Bia soltou o corpo fazendo duas dancinhas famosas no TikTok.
Logo após o juiz anunciar sua vitória, Bia fez os passinhos de “Bipolar”, música de MC Don Juan, MC Davi e MC Pedrinho.
“Bipolar”, que ficou ao longo de semanas como a música mais tocada do país, nasceu da união improvável de um DJ ex-crente do Espírito Santo e um MC paulistano fã de Racionais. A faixa foi feita em duas horas.
Um dos representantes do hit, MC Davi repostou o vídeo da celebração de Bia e deu força para a atleta. “Tamo junto”, escreveu.
Em seguida, Bia engatou os passinho de “Não, não vou”, de Mari Fernandez.
Lançada em maio, a pisadinha ultrapassou a barreira do TikTok atingiu ótimos números nas plataformas digitais. Inicialmente, se destacou nas listas de virais. Mas logo se consolidou nas primeiras colocações do Top 50 Brasil do Spotify.
Além de dançar no ringue, a atleta ainda fez um post comemorando a conquista ao som do hit.
“Hoje garanti a mãe de todas elas, a medalha olímpica, mas agora vou em busca de mudar a cor dela. E a comemoração não podia ser diferente, aquela dancinha da Mari Fernandez.”
Rainha da pisadinha, Mari celebrou a homenagem e parabenizou a atleta. “Ai que tudo, feliz por você, Bia. Arrasou. Obrigada pela dancinha maravilhosa.”
Initial plugin text
VÍDEO: Bia Ferreira vence na semifinal vai para a disputa pelo ouro no boxe; confira trechos da luta
Batidão olímpico
O som brasileiro já invadiu os Jogos Olímpicos de Tóquio com hits como “Zap Zum” (Pabllo Vittar), “Baile de Favela” (MC João), “Não nasceu pra namorar” (MC Zaquin), entre outros.
O mais recente deles foi “Chamo teu vulgo malvadão”. A música da MC Jhenny foi impulsionada pela corrida de Alison dos Santos rumo a uma medalha em Tóquio. Antes, ela já tinha embalado dancinhas de Neymar e mais 580 mil fãs no TikTok. Falta a última barreira da corrida: já está pronta uma versão (um pouco menos) sexual da letra.
Dança da Fadinha: de onde veio a coreografia que embalou a medalha de Rayssa Leal no skate