Três são presos em operação de combate ao furto de carga e aliciamento de motoristas

Polícia Civil desencadeou nesta quarta-feira operação Raptor Crédito: Polícia Civil / Divulgação / CP

Polícia Civil desencadeou nesta quarta-feira operação Raptor Crédito: Polícia Civil / Divulgação / CP
Correio do Povo – Cidades

 O furto de carga mediante aliciamento dos motoristas foi alvo ao amanhecer desta quarta-feira da operação Raptor da Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas (DRFC) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil. Três criminosos foram presos pela equipe do delegado Alexandre Fleck durante o cumprimento de 13 mandados de busca e apreensão em Esteio, Sapucaia do Sul, São Leopoldo e Porto Alegre.

Houve o recolhimento de uma espingarda calibre 20, cerca de 15 cartuchos de munição, sere aparelhos de telefone celular, nove pacotes de cigarros de origem estrangeira, 40 pacotes de papel de seda para cigarro de origem estrangeira e 13 garrafas térmicas com suspeita de origem ilícita.

O diretor de investigações do Deic, delegado Sander Cajal, esclareceu que as investigações começaram após dois supostos roubos de cargas, registrados nos meses de agosto e setembro de 2017. “Diante dos relatos feitos e indícios colhidos, desconfiou-se que se tratavam, na verdade, de furto, cometido através de aliciamento de motorista para a entrega da carga e falso relato à Polícia Judiciária”, explicou. Para o delegado Alexandre Fleck, titular da DRFC, alguns criminosos estão optando por essa espécie de crime por envolver riscos menores que o roubo e por se tratar de um crime com punição menos severa pelo Código Penal.

Powered by WPeMatico