Trabalhador vai precisar agendar para retirar extrato previdenciário

Extrato também pode ser solicitado pela internet

Extrato também pode ser solicitado pela internet
Rodrigo Clemente/05.01.2009/O Tempo/Estadão Conteúdo

A partir do dia 16 de julho deste ano, o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai passar a agendar para que o trabalhador retire o extrato previdenciário (Cnis) pessoalmente. O benefício também pode ser adquirido pelo site Meu INSS. 

O agendamento deve ser feito pelo número 135. A mudança tem como objetivo agilizar os processos nas agências do INSS, já que o serviço já estará agendado. 

Outros serviços que vão precisar ser agendados são consultas ao Histórico de Crédito de Benefício, Carta de Concessão, Extrato de Empréstimo Consignado, Extrato de Imposto de Renda e Consulta Declaração de Benefício – Consta / Nada Consta. Todos estes serviços são acessíveis também pelo Meu INSS. 

Algumas instituições financeiras disponibilizam consulta direta ao extrato, como é o caso do Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Para fazer o cadastro no Meu INSS, o trabalhador precisa informar dados presentes nos documentos e carteira de trabalho. Também precisa informar data de recebimento de benefícios, nome de empresas que trabalhou, entre outros dados. 

Caso tenha dificuldades, o segurado pode entrar em contato com o INSS pelo telefone 135 ou ir a uma agência do INSS.