Tom Hanks usa famosa frase de filme em mensagem sobre coronavírus após ser diagnosticado com doença


‘Não há choro no beisebol’, citou ele em texto publicado em suas redes sociais após confirmar teste positivo para o Covid-19. Tom Hanks e a mulher, Rita Wilson
Reprodução/Instagram
“Não há choro no beisebol”. A frase, que ficou famosa no filme “Uma Equipe Muito Especial” (1992), foi usada pelo ator Tom Hanks nesta sexta-feira (13) em um texto publicado pelo ator para dar notícias após testar positivo para o Covid-19.
Na quarta-feira (11), o ator anunciou em suas redes sociais que ele e sua mulher, Rita Wilson, foram diagnosticados com o novo coronavírus. Eles estavam na Austrália para as gravações de um filme, ainda sem nome, sobre Elvis Presley.
“Olá, pessoal. Eu e Rita gostaríamos de agradecer a todos os que estão cuidando tão bem da gente. Temos o Covid-19 e estamos em isolamento, por isso não o espalhamos para mais ninguém. Para algumas pessoas, isso pode levar para uma doença grave”.
“Estamos lidando com isso um dia de cada vez. Existem coisas que podemos fazer para enfrentar isso, como seguir os conselhos dos especialistas e cuidarmos de nós mesmos e do outro. E lembrem-se, apesar de todos os acontecimentos atuais, não há choro no beisebol”, escreveu o ator.
A última frase do texto de Hanks ficou conhecida após ser usada por seu personagem, o ex-jogador e alcoólatra Jimmy Dugan, no filme “Uma Equipe Muito Especial”, no qual ele comanda um time feminino de beisebol. Na cena, ele dá uma dura em Evelyn Gardner (Bitty Schram) diante de todo o time.
Tom Hanks não é o único famoso a ter dado positivo para o Covid-19. O cantor Di Ferrero, a influencer Gabriela Pugliesi e o jogador Rudy Gobert também estão na lista de celebridades diagnosticadas com o coronavírus.
Initial plugin text
Tom Hanks e a esposa estão com o novo coronavírus