Teatro via WhatsApp: Atores se reúnem em experiência audiovisual ‘Amor de Quarentena’


Reynaldo Gianecchini, Débora Nascimento, Jonathan Azevedo e Mariana Ximenes preparam projeto que cria experiência de intimidade entre atores e espectador através de aplicativo. Débora Nascimento, Jonathan Azevedo, Mariana Ximenes e Reynaldo Gianecchini estão no elenco de “Amor de quarentena”
Divulgação
Em tempos de pandemia de coronavírus e sem previsão de data para o retorno dos espetáculos teatrais, os artistas e projetos estão se reinventando. E uma das novas opções é o teatro via WhatsApp.
Reynaldo Gianecchini, Débora Nascimento, Jonathan Azevedo e Mariana Ximenes fazem parte do projeto “Amor de quarentena”, que cria uma experiência de intimidade entre os atores e o espectador através do aplicativo de mensagens.
Na experiência audiovisual, o espectador compra o ingresso, preenche alguns dados pessoais e escolhe com qual ator quer “se corresponder”.
Embora não haja possibilidade de interação entre o público e o intérprete, o espectador começa a receber durante 13 dias seguidos através do WhatsApp mensagens de texto, voz, áudios, vídeos, canções e fotos de um amor do passado, interpretado pelo artista escolhido.
“E se uma pessoa muito importante de seu passado te procurasse? O que aconteceria se um ex-amor aparecesse agora? Então é a partir daí que começa nossa história”, conta Gianecchini, dando o ponto de partida da trama.
Segundo a produção, “as atrizes e atores que participam da obra contribuem com aspectos de sua cotidianidade, são mais que intérpretes, são membros ativos na construção do relato amoroso”.
O projeto tem direção do argentino Santiago Loza e acontece em outros países. O ingresso para acesso à experiência custa R$ 40 (+ R$ 4 de taxa).
A estreia acontece em 14 de setembro e parte da receita arrecadada será destinada ao Fundo Marlene Colé de apoio a técnicos e artistas das artes cênicas.
‘Vamos encontrar novas maneiras de fazer teatro’, diz Tony Ramos