Taylor Swift anuncia nova versão de ‘Fearless’ com seis músicas inéditas


Cantora não revelou data de lançamento do álbum, mas regravação do hit ‘Love Story’ estará disponível esta noite (11). Swift vai regravar seis primeiros álbuns da carreira após ter direitos sobre eles vendidos por gravadora. Taylor Swift é eleita Artista do Ano no American Music Awards 2020
AFP PHOTO / CORTESIA DA ABC
Taylor Swift anunciou que uma nova versão do álbum “Fearless” (2008) já está pronta e contará com seis músicas inéditas. A cantora não revelou a data de lançamento do álbum, mas a regravação do hit ‘Love story’ estará disponível na noite desta quinta (11).
Lançado em novembro de 2008, “Fearless” foi eleito o álbum do ano do Grammy de 2010. “Love story”, “Fifteen”, “You Belong with Me”, “Fearless” e “White Horse” estão entre as faixas.
Taylor também divulgou um comunicado explicando a decisão. “Falei muito sobre por que estou refazendo meus primeiros seis álbuns. Os artistas deveriam possuir seu próprio trabalho por muitos motivos, mas o mais gritante e óbvio é que o artista é o único que realmente conhece aquele corpo de trabalho”, escreveu.
A cantora disse que, por inúmeras razões, teve que tirar algumas músicas do álbum em 2008, mas decidiu incluí-las agora para que os fãs tenham “uma imagem completa” sobre ele. Taylor diz que as músicas inéditas foram escritas entre seus 16 e 18 anos e foram as mais difíceis de deixar de fora.
Swift decidiu regravar seus seis primeiros álbuns após ter os direitos sobre parte de seu catálogo musical vendido. Os discos da cantora pertenciam à gravadora Big Machine, fundada por Scott Borchetta.
Semana Pop #64: Taylor Swift e seus empresários entram em guerra
O empresário Scooter Braun, dono da Ithaca Holdings, comprou a gravadora em julho de 2019 e vendeu os direitos das músicas para um grupo privado por US$ 300 mil em novembro de 2020.
Na época, a cantora relatou que sua equipe vinha tentando recuperar a propriedade de suas gravações originais, mas “a equipe do Scooter queria que eu assinasse um documento de segurança afirmando que eu nunca mais diria uma palavra sobre Scooter Braun a menos que fosse positivo”.
VÍDEOS: Semana Pop explica temas do entretenimento