Taxistas e rodoviários entram em confronto na frente da prefeitura de Porto Velho


Confusão aconteceu na tarde desta segunda-feira (26). Rodoviários pedem suspensão do serviço de táxi compartilhado. Taxistas e rodoviários entram em confronto na frente da prefeitura de Porto Velho
Taxistas e trabalhadores do Consórcio SIM entraram em “confronto”, na tarde desta segunda-feira (26), durante um manifesto na frente da prefeitura de Porto Velho. O empurra-empurra aconteceu quando os motoristas de táxis compartilhados tentaram colocar uma faixa na frente do poder executivo.
Ao ver os taxistas tentando colocar a faixa, os funcionários do SIM, que estão em greve contra o serviço de táxi compartilhado, tentaram vetar os motoristas de táxi e houve uma confusão entre as duas categorias.
Depois da confusão, os trabalhadores do Consórcio SIM permanecem do lado de fora da prefeitura para acompanhar uma reunião com o prefeito Hildon Chaves (PSDB).
Os trabalhadores do SIM alegam que estão sendo prejudicados com o serviço de táxi compartilhado e pedem a suspensão do mesmo. A Polícia Militar (PM) e o COE estão no local acompanhando o manifesto.
Protesto está sendo feito na frente de prefeitura
Reprodução
Paralisação dos ônibus
Mais de 900 trabalhadores aderiram ao movimento contra os taxistas. Durante a manhã, ônibus foram estacionados na Avenida Sete de Setembro, na rua Dom Pedro II (em frente a Prefeitura), em frente a Câmara de Vereadores e ainda em frente a Secretaria Trânsito Mobilidade e Transporte (Semtran).
Conforme o representante, desde que o ‘Táxi Compartilhado’ iniciou as atividades na capital, muitos trabalhadores do Consórcio Sim foram demitidos, sem contar que afetou a arrecadação da empresa.
O sindicato informou ainda que todo o efetivo do Consórcio Sim aderiu a paralisação até que uma reposta da prefeitura seja tomada.

Powered by WPeMatico