Suspeito de matar ex-mulher a facadas dentro de casa é preso em Rio Verde, GO


Ele foi detido quando se apresentou à polícia, porém já existia um mandado de prisão contra o homem. Moisés Batista da Silva foi preso suspeito de matar a ex-mulher em Rio Verde, Goiás
Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (13) um homem suspeito de matar a ex-mulher a facadas dentro da casa em que ela morava, em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. A vítima já tinha registrado um boletim de ocorrência por ameaça um mês antes do crime. O preso está sendo ouvido pelo delegado para tentar esclarecer os motivos do assassinato. O G1 não conseguiu localizar a defesa dele até a publicação dessa reportagem.
Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, Moisés Batista da Silva foi preso ao se apresentar na delegacia nesta manhã. Entretanto, como já havia um mandado de prisão contra ele por descumprir medidas protetivas, ele acabou detido.
Cléia Mayara Araújo, de 26 anos, foi morta na sexta-feira (8). Vizinhos ouviram os gritos dela e ligaram para a Polícia Militar. Porém, quando a corporação chegou ao local, encontrou a jovem em um cômodo já sem vida.
Parentes da vítima disseram à TV Anhanguera que o casal se separou há cerca de três meses. Antes de ser morta, Cléia passou mal, deixou os filhos, de 4 e 6 anos com o ex e foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
O homem, então, teria levado as crianças para uma chácara de familiares e, posteriormente, ido sozinho até a casa dela, que já havia saído do hospital, e cometido o crime.
Segundo a Polícia Civil informou ao G1, Cléia registrou, há cerca de um mês, um boletim de ocorrência contra o ex-marido por ameaça.
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Cléia Mayara foi morta a facadas dentro de casa, em Rio Verde
TV Anhanguera/Reprodução

Powered by WPeMatico