Suspeito de matar brasileiro em universidade dos EUA é identificado

Câmeras de segurança gravaram Roque

Câmeras de segurança gravaram Roque
Reprodução / Twitter

O suspeito de ter esfaqueado e matado o brasileiro João Souza, de 19 anos, na Universidade de Binghamton, nos Estados Unidos, foi indentificado como Michael Roque, de acordo com publicação veiculada nesta terça-feira (17) no site oficial da faculdade. 

Roque, de 20 anos, foi denunciado e acusado de assassinato em segundo grau pelo esfaqueamento.

Roque foi gravado pelas câmeras de segurança da faculdade saindo do dormitório da vítima, João Souza, na noite de domingo (15), usando luvas e com parte do rosto coberta.

De acordo com o site de notícias USAUK News, a polícia informou que João Souza foi encontrado as 22:30 com uma facada no pescoço em seu dormitório ainda com vida e levado para um hospital. Souza não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo o comunicado na página de notícias da faculdade, Steve Cornwell, advogado do distrito de Broome County, afirmou que várias testemunhas foram entrevistadas e que “muitas pistas foram desenvolvidas e ainda tinham que ser seguidas”. 

Cornwell afirmou Michael Roque foi preso na tarde de segunda-feira (16) em seu dormitório no campus da Universidade de Binghamton.

De acordo com a USAUK News, Roque se apresentou ao tribunal na noite desta segunda-feira e declarou ser inocente.

*Estagiária do R7​ sob supervisão de Ana Luísa Vieria

Powered by WPeMatico