Sisu 2021 do 2º semestre tem queda de 40% no número de inscritos em relação a 2019


Quando comparado à edição do 2º semestre de 2019, antes da pandemia, 238,7 mil estudantes a menos participaram do processo seletivo. Por meio da nota do Enem, programa seleciona alunos para universidades públicas. Sisu segundo processo seletivo de 2021
Reprodução
No Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2021 do 2º semestre, houve uma redução de 40% no número de inscritos em relação à mesma etapa de 2019, antes da pandemia.
Nesta edição, foram 365.495 alunos pleiteando uma vaga em universidades públicas, por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em 2019, o índice foi de 604.205.
LEIA TAMBÉM:
ISENÇÃO NO ENEM 2021: entidades pedem reabertura do processo
SISU: veja lista de aprovados
DESDE 2005: Enem 2021 tem menor número de inscritos
Como cada estudante pode se inscrever em até duas opções de curso, o número de inscrições é sempre maior que o de participantes. Neste quesito, também houve queda: 697.764 (segunda edição de 2021), 814.476 (segunda edição de 2020) e 1.213.679 (segunda edição de 2019)
Uma das explicações para a redução na participação é o alto índice de desistência no último Enem, aplicado durante a pandemia. Depois de a avaliação ser adiada, ainda registrou recordes de abstenção. Candidatos temeram a contaminação por Covid-19 e, por causa da crise financeira e de problemas emocionais, adiaram o plano de entrar na faculdade.
As edições do Sisu nos primeiros semestres são sempre maiores, tanto em número de vagas ofertadas quanto no de inscritos. Mas tudo indica que a próxima, em 2022, será “enxuta”: o número de inscritos no Enem 2021 (que ocorrerá em novembro) foi o menor desde 2005.
Vídeos de Educação