SIGA revê estimativa da ‘safrinha’ e confirma previsão de segunda maior produção de milho da história de MS


Previsão é que o estado colha 9,552 milhões de toneladas do cereal.
MS teve produzir nesta temporada segunda maior ‘safrinha’ de milho de sua história
Reprodução/TV Morena
Circular do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA), da Aprosoja/MS e Sistema Famasul, divulgada nesta segunda-feira (13), reviu para cima a estimativa da “safrinha” 2018/2019 de milho em Mato Grosso do Sul.
Também chamada de segunda safra do cereal ou safra de inverno, a expectativa no início do ciclo era de um aumento de área de 5,73%, de 1,814 milhão de hectares para 1,918 milhão de hectares e de uma produtividade 78,2 sacas por hectare, com a produção atingindo 9,002 milhões de toneladas.
Entretanto, com clima favorável no desenvolvimento da safrinha, houve um aumento no potencial produtivo dos campos semeados e o rendimento esperado passou para 83 sacas por hectare. Com a manutenção da mesma área prevista inicialmente, a expectativa de produção subiu para 9,552 milhões de toneladas.
A previsão do SIGA está bem próxima da que foi divulgada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na quinta-feira passada (9), que apontou para uma colheita de 9,475 milhões de toneladas de milho.
Qualquer uma das previsões, se for confirmada, indica que o estado produzirá nesta temporada a segunda maior “safrinha” de sua história. Apenas no ciclo 2016/2017 foi colhida uma quantidade maior do cereal, 9,609 milhões de toneladas.