Sem saber da artilharia: Mandzukic não liga para gols e quer título da Copa

Mandzukic marcou gol da vitória croata aos 2 minutos do 2º tempo da prorrogação

Mandzukic marcou gol da vitória croata aos 2 minutos do 2º tempo da prorrogação
Carl Recine/Reuters – 11.7.2018

Autor do gol que garantiu a classificação da Croácia pela primeira vez à final, Mario Mandzukic havia passado em branco na primeira fase da Copa do Mundo. Bastou o mata-mata começar para o artilheiro mostrar o seu poder de fogo, como na noite desta quarta-feira (11), na vitória sobre a Inglaterra, no Estádio Luzhniki. Ainda assim, ele garantiu que não se importa com o número de gols marcados.

Mandzukic, que fez o seu segundo gol até aqui, aproveitou o menor vacilo da defesa da Inglaterra para marcar aos 2 minutos do segundo tempo da prorrogação em Moscou. Rakitic mandou de volta para área e o artilheiro saiu na frente do bom goleiro Jordan Pickford para só empurrar para as redes. A bola nem bem havia encostado na rede e o grandalhão de 1,90 metros já estava com a fanática torcida croata na arquibancada.

“Era uma semifinal de Copa do Mundo e ninguém iria querer tirar o pé. Para mim não importa quem vai fazer o gol, quem vai ser substituído, o que importa é que estamos na final. Faço de tudo o que precisar e jogo em qualquer posição para conseguir esse título”, bravejou o atacante, na saída dos vestiários.

 

 

O camisa 17 não é dos atacantes mais habilidosos. Mas é um autêntico fazedor de gols e que teve a confiança do técnico Zlatko Dalic mesmo depois de fracas atuações contra Nigéria e Argentina e não jogou a última partida do grupo, contra a Islândia. Na abertura do mata-mata, garantiu o seu na vitória sobre a Dinamarca, na prorrogação – só a primeira das três que o time ainda iria enfrentar.

Mandzukic também se apega no exemplo que havia acabado de bater. Harry Kane, da Inglaterra, é o artilheiro da competição com seis gols marcados. Adversários da final, Kylian Mbappé e Antoine Griezmann fizeram três gols cada um.

O centroavante, claro, está preocupado com a final da Copa do Mundo. Mas ao voltar para a Juventus-ITA terá um astro para dividir a responsabilidade dos gols: Cristiano Ronaldo, que assinou com o time de Turim por quatro temporadas.

A Croácia agora enfrenta a França na final da Copa do Mundo. A partida acontece no domingo, às 12 horas, de novo no Luzhniki.