Segundo dia do Enem digital tem índice de abstenção de 72,9% no Acre


Das 1.154 pessoas inscritas, somente 313 compareceram para realizar o exame nesse domingo (7). É a primeira vez que o exame nacional tem uma aplicação em computadores. Segundo dia do Enem digital tem índice de abstenção de 72,9% no Acre
Lidson Almeida/Rede Amazônica Acre
A primeira edição do Enem digital teve uma taxa recorde de faltosos. De acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelas provas, a taxa de abstenção no Acre foi de 72,9%.
Eram esperados 1.154 candidatos, mas somente 313 compareceram aos locais de prova no segundo dia do exame, nesse domingo (7), o que representa 27,1%. Ao todo, 841 inscritos não fizeram o exame.
No primeiro dia do exame na edição digital a taxa de abstenções foi de 65,2%. Ou seja, no domingo (31), 752 candidatos faltaram e 402 chegaram a fazer a prova.
Esta é a primeira vez no país que o exame aconteceu neste formato. O segundo dia de prova será no próximo domingo (7). Para a versão digital, o Acre conta com 41 laboratórios, distribuídos em nove instituições de Rio Branco.
A taxa de abstenções do exame na versão digital foi ainda maior que nos domingos anteriores, quando as provas foram impressas. No primeiro dia do Enem impresso no Acre, segundo o Inep, o índice de faltosos foi de 51,5% do total de 40.674 inscritos. Já no segundo dia, que ocorreu no último dia 24 de janeiro, a taxa de abstenção foi de 54,8%.
Os candidatos que fizeram o Enem nesse domingo (7) aprovaram a versão digital. Assim como na versão impressa, eles também elegeram a prova de matemática como a mais difícil. Os inscritos fizeram o exame em 41 laboratórios de nove instituições de Rio Branco.
Enem digital
Por ser a versão piloto, as provas foram aplicadas apenas na capital acreana, Rio Branco, nos laboratórios de informática das seguintes instituições:
Escola Estadual Profª Heloísa Mourão Marques – bairro Aeroporto Velho;
Escola Estadual Profº Humberto Soares da Costa – bairro José Augusto;
Instituto de Educação Loureço Filho – bairro Vila Ivonete;
Centro Universitário U:Verse – antiga FAAO;
Centro Universitário Uninorte – bairro Jardim Europa;
Centro Universitário Estácio de Rio Branco – bairro da Paz;
Escola Estadual Padre Diogo Feijó – bairro Floresta;
Instituto Federal do Acre (Ifac) – Campus Rio Branco
Senai – Escola Cel. Auton Furtado – bairro Cadeia Velha
O cronograma seguiu o mesmo da versão impressa do exame. No primeiro domingo (31), foram aplicadas 45 questões objetivas de Linguagens e Códigos e 45 de Ciências Humanas, além da redação. A duração máxima para realização da prova foi de 5h30. No segundo dia, foram aplicadas as provas de ciências da natureza e de matemática.
Apesar de o formato digital, a redação continuou manuscrita. Por isso, assim como na prova física, o candidato teve que levar caneta preta, de tubo transparente.
Medidas de segurança devido à pandemia
Segundo o Inep, as medidas de prevenção contra o novo coronavírus deveriam ser as mesmas para todos os lugares. Não houve planejamento especial para os locais que estivessem com aumento no número de casos.
Entre as medidas, estavam:
Uso obrigatório de máscaras para candidatos e aplicadores;
Disponibilização de álcool em gel nos locais de prova e nas salas (a quantidade total só será conhecida após a aplicação do exame);
Recomendação de distanciamento social no deslocamento até as salas de provas;
Identificação de candidatos do lado de fora das salas, para evitar aglomeração – haverá marcações no piso para ter distanciamento, caso haja fila;
Contratação de um número maior de salas: na edição de 2019 foram 140 mil locais de aplicação; agora serão 200 mil
Salas de provas com cerca de 50% da capacidade máxima;
Candidatos idosos, gestantes e lactantes ficarão em salas com 25% da capacidade máxima;
Higienização das salas de aulas, antes e depois do exame.
A retirada da máscara poderia ser feita, segundo o protocolo, para alimentação, ingestão de líquidos e troca do item. Candidatos ainda deveriam levar documento de identidade com foto e caneta de cor preta e corpo transparente.
Cronograma do Enem 2020
Provas impressas: 17 e 24 de janeiro
Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro
Reaplicação da prova: 24 e 25 de fevereiro
Resultados: a partir de 29 de março
Reveja todos os vídeos exibidos pelo Bom Dia Acre, JAC1 e JAC2