Schwarzenegger compara invasão do Capitólio à violência nazista


“O presidente Trump é um líder fracassado. A boa notícia é que em breve ele será tão irrelevante quanto um velho tuíte”, disse o astro de Hollywood, neste domingo (10). Arnold Schwarzenegger comparou o ataque ao Capitólio dos EUA à violência nazista
Redes sociais
O ex-governador da Califórnia pediu união neste domingo (10), após o violento ataque ao Capitólio dos Estados Unidos de quarta-feira (6), que o astro do cinema descreveu como uma tentativa de golpe do presidente Donald Trump e comparou à violência nazista.
Em um vídeo postado no Twitter que rapidamente viralizou, o astro de Hollywood comparou os acontecimentos da última quarta-feira à “Noite dos Cristais”, quando hordas de nazistas atacaram, entre outros atos de violência, as vitrines de lojas de judeus em 1938.
Twitter tira conta de Trump do ar permanentemente
“Quarta-feira foi a Noite dos Cristais aqui na América”, comparou Schwarzenegger, sentado atrás de uma mesa cercado pelas bandeiras dos Estados Unidos e da Califórnia. “O vidro quebrado era o das janelas do Capitólio.”
“Na minha juventude, estive cercado de homens quebrados, que tentaram lavar a culpa por seu envolvimento no regime mais perverso da história com o álcool”, acrescentou Schwarzenegger, que nasceu na Áustria em 1947.
Arnold Schwarzenegger chama Trump de mentiroso em vídeo
“Nunca compartilhei isso publicamente porque é uma memória dolorosa, mas meu pai voltava para casa bêbado uma ou duas vezes por semana e gritava conosco, batia em nós e assustava minha mãe”, admitiu.
O ator, conhecido por seus papéis nos filmes “O Exterminador do Futuro” e “Conan, o Bárbaro”, não disse explicitamente que seu pai era um nazista, mas lembrou: “Meu pai e nossos vizinhos também foram enganados com mentiras, e sei aonde essas mentiras levam”.
“O presidente Trump procurou reverter os resultados de uma eleição, uma eleição justa. Ele buscou um golpe enganando as pessoas com mentiras”, acusou o ex-governador, um republicano como o presidente.
Initial plugin text
“O presidente Trump é um líder fracassado. Ele entrará para a história como o pior presidente de todos os tempos. A boa notícia é que em breve ele será tão irrelevante quanto um velho tuíte.”
“Não importa qual seja sua filiação política, peço que se juntem a mim para dizer ao presidente eleito Biden: ‘Presidente eleito Biden, desejamos muito sucesso como presidente. Se tiver sucesso, nossa nação também terá”, completou.
“E aqueles que pensam que podem atropelar a Constituição dos Estados Unidos, saibam disso: vocês nunca vão vencer”, concluiu.
Vídeos: Notícias Internacionais