Rússia espanta a zebra e a má fase

Dzyuba, Rússia x Arábia Saudita

Dzyuba, Rússia x Arábia Saudita
Kevin C. Cox/Getty Images – 14.6.2018

Verdade seja dita. Um jogo fraco abriu a Copa do Mundo de 2018.

De um lado a anfitriã, Rússia, que não sabia o que era vencer desde outubro do ano passado.

Tá certo que pegou alguns gigantes do futebol mundial pelo caminho, como Brasil, Argentina e França.

Do outro, a esforçada mas fraca seleção da Arábia Saudita.

Uma equipe que até tem um toque de bola razoável, mas é ingênua e mal organizada taticamente.

Sem falar no nervosismo da estreia. 

A Rússia fez o primeiro gol da Copa com Gazinsky, se aproveitando da falha da defesa saudita, com direito a escorregão.

Foi o primeiro gol dele com a camisa da seleção, e logo numa abertura de mundial.

A Arábia até tinha mais a posse de bola. Mas o time da casa continuou sendo mais perigoso e criando algumas oportunidades, sempre com muita velocidade nos contra-ataques.

E foi numa jogada de extrema velocidade que os russos chegaram ao segundo gol.

Gol do Cheryshev, que entrou no lugar do Dzagoev com uma lesão na coxa esquerda.

Um belo gol por sinal. Ele teve a calma para dar uma cavadinha diante de dois adversários que ficaram no chão e bateu no ângulo do goleiro.

No segundo tempo a Rússia conseguiu controlar bem o resultado e fez o terceiro com Dzyuba de cabeça, que tinha acabado de entrar no jogo.

Nos acréscimos ainda deu tempo pro quarto e quinto gols, com belos chutes de Cheryshev e Golovin.

Um placar elástico que nem o mais otimista torcedor russo esperava.

Bom pra fazer saldo no jogo mais fácil do grupo.

Na sequência eles vão ter que enfrentar Egito e Uruguai.

Se a Rússia empatar um desses jogos, tem boas chances de se classificar para as oitavas.

Ao contrário do que muitos imaginavam.

Até a próxima.

Powered by WPeMatico