Ronaldo Barcellos lança o single ‘Vê se me quer’ no embalo da participação no programa ‘The Voice +’


♪ Aos 68 anos, o cantor e compositor fluminense Ronaldo Barcellos volta ao disco com a edição do inédito single Vê se me quer.
Programado para chegar ao mundo digital na próxima sexta-feira, 10 de setembro, o single Vê se me quer é lançado no embalo da participação do artista na primeira temporada do programa The Voice +, exibida pela TV Globo no primeiro semestre deste ano de 2021.
Motivado pelos elogios colhidos pela performance no talent show, no qual integrou o time da técnica Cláudia Leitte, Barcellos voltou a compor regularmente com a intenção de registrar em disco essa nova produção autoral.
Vê se me quer integra e apresenta essa safra inédita e recente do artista, composta por cerca de 20 músicas.
Música feita por Barcellos em parceria com Fred Camacho, Vê se me quer cai no suingue do samba, em gravação conduzida por trio de metais – Jessé Sadoc (trompete), Marcelo Martins (saxofone) e Rafael Rocha (trombone) – que sobressai no arranjo criado pelo tecladista Paulo Calansans.
Capa do single ‘Vê se me quer’, de Ronaldo Barcellos
Cris Vicente
Sem afastar a música da cadência do samba, os metais sopram sutis evocações do universo do soul e do funk, gêneros musicais aos quais Ronaldo Barcellos está originalmente associado, sobretudo como compositor.
Basta lembrar que o compositor é o autor de Cada um cada um (A namoradeira) – música apresentada por Claudio Zoli em disco de 1986 e desde então regravada por outros artistas – e que tem parcerias com o maestro Lincoln Olivetti (1954 – 2105) e com guitarrista e compositor Robson Jorge (1954 – 1992).
Contudo, o nome de Ronaldo Barcellos ficou mais ligado ao pagode a partir dos anos 1990. Ele é parceiro de Délcio Luiz em sambas gravados por grupos como Exaltasamba (Desliga e vem, hit de 1997) e Molejo (Cilada, sucesso de 1996).
Com o single Vê se me quer, mixado por Marcelo Saboia, Ronaldo Barcellos continua no samba, mas em outra cadência, com direito até a um toque jazzy na gravação da música inédita.