Roger Michell, diretor de ‘Um lugar chamado Notting Hill’, morre aos 65 anos


Diretor nascido na África do Sul e naturalizado britânico ficou conhecido pela comédia romântica com Julia Roberts e Hugh Grant de 1999. Roger Michell em foto de setembro de 2020
Alberto Pizzoli/AFP/Arquivo
O diretor Roger Michell, conhecido pelo filme “Um lugar chamado Notting Hill”, morreu aos 65 anos, disse nesta quinta-feira (23) a rede de TV BBC. A causa da morte ainda não foi divulgada.
Roger Michell nasceu na África do Sul, mas foi criado na Inglaterra e era naturalizado britânico.
“Um lugar chamado Notting Hill”, com Julia Roberts e Hugh Grant, de 1999, é o trabalho mais conhecido de sua carreira. A comédia romântica é um dos maiores sucessos de bilheteria do cinema inglês de todos os tempos.
Mas ele teve vários outros trabalhos de direção conhecidos e premiados, como “Minha prima Raquel” (2017), “Venus” (2006) e “Amor obsessivo” (2004).
Ele ganhou o Bafta de TV duas vezes: em 2015 pela série de TV “The Lost Honour of Christopher Jefferies”, e em 1995 pelo filme “Persuasão”.
Foi seu trabalho em “Persuasão”, adaptação de Jane Austen, que despertou a atenção de RIchard Curtis, roteirista e produtor que o convidou para dirigir “Um lugar chamado Notting Hill”.
Confira um trailer do filme ‘Um Lugar Chamado Notting Hill’