Rodrigo Amarante faz o amor evoluir bem no passo de ‘Tango’, último single do álbum solo ‘Drama’


♪ Tango – música escolhida por Rodrigo Amarante para ser o terceiro e último single do segundo álbum solo do artista, Drama – evolui em cadência bem diferente do passo bem marcado do gênero musical argentino. Nem por isso Tango deixa de ser menos dançante.
Com os toques dos músicos Andres Rentenria (congas), Paul Taylor (bateria) e Todd Dahlhoff (baixo), além do vocal de Cornelia Murr, Amarante (voz, guitarras, piano elétrico, órgão, saxofone mellotron e percussão) criou levada envolvente para Tango.
Na letra dessa autoral música inédita, gravada em Los Angeles (EUA) em 2018, nas iniciais sessões do álbum Drama no estúdio de Mario Caldato Jr., o cantor e compositor carioca versa sobre amor através do universo da dança, falando de instruções e movimentos coreográficos para descrever relacionamento a dois.
No clipe de Tango, dirigido por Tobias Datum, o amor é personificado pela dança do casal formado por Angel Echeverria e Julie Friedgen.
Tango sai em single – com capa que expõe pintura de autor desconhecido, encontrada pelo artista em mercado de pulgas – uma semana antes do álbum Drama, programado para a próxima sexta-feira, 16 de julho.
Capa do single ‘Tango’, de Rodrigo Amarante
Divulgação