Rita Wilson, mulher de Tom Hanks, fala de sintomas da Covid-19 e da vida pós-recuperação


Em programa americano, atriz contou que teve sintomas mais intensos do que o marido. Os dois foram as primeiras celebridades a revelarem diagnóstico do coronavírus. Tom Hanks e sua mulher Rita Wilson
Joel Ryan/Invision/AP
Recuperada da Covid-19, a atriz Rita Wilson deu detalhes sobre o que ela e o marido, Tom Hanks, viveram no período em que estiveram com a doença.
Em entrevista no programa americano “CBS This Morning”, nesta terça-feira (14), ela disse que se sentia “muito cansada, extremamente dolorida e desconfortável”. Além disso, teve febre alta, calafrios e perdeu o olfato e o paladar.
Já Hanks, segundo sua mulher, não teve febre e não teve o olfato e o paladar afetados.
Os dois atores foram as primeiras celebridades a revelarem o diagnóstico do coronavírus, em março.
Eles estavam na Austrália para as gravações de um filme, ainda sem nome, sobre Elvis Presley. Dias depois, Hanks compartilhou nas redes sociais que estava se recuperando em sua casa, nos Estados Unidos.
Tratamento
Wilson contou que seu tratamento contra o coronavírus incluiu cloroquina, droga que é alvo de estudos e testes na comunidade científica para avaliar seus benefícios e riscos diante da Covid-19.
Ela afirmou não ter certeza sobre a eficiência do medicamento em seu quadro e alertou que teve “efeitos colaterais extremos” depois de receber a substância. Entre eles, enjoo e vertigem.
Entre os efeitos colaterais conhecidos da cloroquina, estão listados arritmia, disfunção renal e hepática e problemas na visão e audição. “Temos que ter muita ponderação com essa droga”, disse. “Não sabemos se é seguro nesse caso.”
Wilson e Hanks foram informados pelos médicos que agora estão imunes à Covid-19. O casal doou sangue para pesquisas que tentam desenvolver uma vacina contra o coronavírus.