Renault mostra novo Zoe na Europa, mas Brasil segue com versão atual


Modelo elétrico está mais potente e tem autonomia maior. Entre os equipamentos, há central multimídia de 9,3 polegadas e quadro de instrumentos digital. Renault Zoe 2020
Divulgação
A Renault mostrou nesta segunda-feira (17) na Europa uma versão atualizada de seu principal carro elétrico, o Zoe.
Entre as maiores novidades, estão um novo conjunto elétrico. Com baterias otimizadas, a autonomia cresceu 20%, chegando a 390 km, de acordo com o novo ciclo global de medições, que prevê 57% do uso urbano, 25% em vias suburbanas e 18% em rodovias.
Zoe atual foi lançado no Salão do Automóvel de SP
Além disso, o motor elétrico está mais potente. O Zoe será oferecido em duas configurações, com 110 cavalos ou 136 cv. Ambas são mais potentes do que a versão anterior, de 88 cv.
É justamente esta, mais antiga, que é vendida atualmente no Brasil. No entanto, por enquanto, os clientes brasileiros não receberão o novo Zoe. Não há previsão de chegada deste novo modelo por aqui.
De acordo com a Renault, já foram entregues mais de 20 unidades, e há um novo lote previsto para chegar ao país, para atender uma demanda extra de clientes.
O Zoe foi lançado no último Salão do Automóvel, em novembro. Ele custa R$ 149.990.
Renault Zoe 2020
Divulgação
Voltando ao modelo atualizado, o interior passou por grandes renovações. E isso vale, não apenas para o visual, mas também a lista de equipamentos.
A cabine ganhou um novo quadro de instrumentos digital, com tela de 10 polegadas. A central multimídia também cresceu, para 9,3 polegadas, e ganhou um posicionamento vertical.
Todo o console central foi redesenhado. O freio de mão agora é eletrônico, enquanto a alavanca de câmbio ganhou visual mais moderno.
Renault Zoe 2020
Divulgação
Entre os equipamentos, as novidades são o ar-condicionado digital, carregamento de celulares por indução e duas entradas USB para os passageiros dos bancos traseiros.
Em segurança, o Zoe passa a ter reconhecimento de placas de trânsito, farol alto automático, alerta de ponto cego, assistente de manutenção de faixa e frenagem automática de emergência.
O exterior também passou por uma remodelação – na medida do possível. Apesar de manter as linhas básicas, a dianteira tem novo para-choque e faróis com uma assinatura de LED atualizada. O logotipo da Renault cresceu, e agora tem um efeito de “holograma”, como define a própria fabricante.
Atrás, as lanternas também ganharam novas lentes.
Renault Zoe 2020
Divulgação
Na hora da recarga, o Zoe agora pode ser plugado diretamente em carregadores rápidos. Até então, era necessário uma espécie de adaptador.
Usando um carregador de 7 kW instalado em casa, a bateria pode ser preenchida totalmente em 9 horas e 25 minutos.
Já outros tipos de carregadores podem prover autonomia de 125 km em uma ou duas horas. Por fim, na opção mais rápida, a bateria pode receber 150 km de autonomia em apenas 30 minutos.
Renault Zoe 2020
Divulgação
VEJA COMO É O ZOE ATUAL
Renault Zoe
Divulgação
Traseira do Renault Zoe no Salão do Automóvel
Marcelo Brandt/G1
Renault Zoe vendido atualmente no Brasil
Marcelo Brandt/G1