Relator da PEC da Previdência na CCJ anuncia alterações no parecer após acordo com Centrão

Após fechar acordo com partidos do Centrão, o relator da proposta de reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), anunciou nesta terça-feira (23) que irá modificar trechos do parecer que recomenda a admissibilidade do texto enviado ao Congresso Nacional pelo governo Jair Bolsonaro.
Sem os votos necessários para garantir a sua aprovação, o governo teve que ceder em alguns pontos. A negociação sobre alterações no texto vem ocorrendo desde a semana passada. A previsão é que a votação na CCJ ocorra na tarde desta terça.
As mudanças foram feitas a pedido de partidos que integram o bloco conhecido como Centrão, que reúne legendas de centro-direita conservadoras.
A proposta altera as regras de aposentadoria e é uma das principais apostas do governo Bolsonaro para recuperar a economia.
Na CCJ, os parlamentares vão analisar se a medida não fere nenhum princípio constitucional. O conteúdo da proposta será discutido em uma comissão especial, que deve ser instalada no início de maio.
Depois de aprovada, precisará passar por dois turnos de votação no plenário da Câmara antes de seguir ao Senado.