Recomeço, união e ansiedade na estreia para as provas marcam as histórias de alguns candidatos do Enem em Presidente Prudente


Mais de 5,3 mil pessoas se inscreveram para prestar o exame na maior cidade do Oeste Paulista e, neste domingo (21), vão responder questões de linguagens, ciências humanas e fazer a redação. Mais de 5,3 mil candidatos se inscreveram para prestar o Enem em Presidente Prudente
Heloise Hamada/g1
Entre os mais de 5,3 mil candidatos que se inscreveram para prestar o Enem em Presidente Prudente (SP) há perfis variados. Neste domingo (21), primeiro dia de exame, o g1 conversou com quem deixou uma carreira de engenheiro mecânico para tentar medicina após a mãe ser diagnosticada com câncer, mãe e filho que foram juntos encarar as provas, e uma mulher que, aos 51 anos, está tentando pela primeira vez ingressar no ensino superior.
O recomeço
O candidato Sérgio Luigi Turri Lourenço, de 24 anos, prestou o Enem pela segunda vez. Foram várias mudanças entre as duas edições. “Agora eu tenho cabelos brancos, barba na cara e boletos para pagar”, brincou. Porém, a principal diferença foi que ele deixou a carreira como engenheiro mecânico para começar de novo. Agora, ele tenta ingressar no curso de medicina e por um motivo muito especial.
Sérgio Luigi Turri Lourenço deixou a carreira como engenheiro mecânico para tentar ingressar no curso de medicina
Heloise Hamada/g1
“Trabalhei dois anos na área. Mas, minha mãe ficou doente, foi diagnosticada com câncer entre 2019 e 2020. Agora, ela está bem. Decidi larga tudo e tentar medicina para poder ajudar as pessoas. Fiz um ano de cursinho, tinha um dinheiro guardado. Voltar a estudar foi normal para mim, já que eu nunca parei de estudar. Estou confiante e tranquilo. Dessa vez não tem o peso de começar, é um recomeço”, falou.
Com mais experiência e também bastante precaução, ele levou quatro canetas. “A de ponta fina é para fazer a redação porque a letra fica menor. A de ponta mais grossa é para preencher o cartão de respostas, para ir mais rápido. Dá para ganhar até uns dois minutos”, ensinou Lourenço.
E para encarar as horas de prova, ele levou alguns itens essenciais. “Tem remédio para o nariz, bombinha para asma e doce de leite para garantir a glicose”, disse.
Sérgio Luigi Turri Lourenço levou quatro canetas e doce de leite para enfrentar a prova do Enem, em Presidente Prudente (SP)
Heloise Hamda/g1
A estreia
A dona de casa Marilda Vilhegas chegou cedo. Por volta das 11h ela já estava no local e aguardando ansiosa para poder entrar. Quando finalizou os estudos do ensino médio, ela não tentou entrar em nenhuma faculdade. Agora, aos 51 anos, ela decidiu que faria o Enem pela primeira vez, com foco no curso de nutrição. “Meu sobrinho também vai prestar. Ele ainda não chegou aqui. Ele me incentivou bastante”, relatou.
Marilda Vilhegas prestou o Enem pela primeira aos 51 anos, em Presidente Prudente (SP)
Heloise Hamada/g1
Ela destacou que tem dois filhos, de 15 e 10 anos. “Meu filho mais velho vai prestar o Enem ano que vem, e eu estou sentido o que ele vai sentir. Eu tenho medo da redação igual aos outros jovens. Sabendo disso, eu vou poder dar mais apoio. Se eu não passar agora, ano que vem eu presto Enem junto com ele. Estou muito nervosa, mas muito feliz com esse começo”, enfatizou.
A união de mãe e filho
Enquanto comia um sanduíche antes de entrar para fazer a prova, o estudante João Pedro Artero, de 17 anos, estava bem acompanhado. A começar pela mãe, Nelly Artero, de 57 anos. Contudo, diferente de muitos pais, ela não estava junto apenas para dar apoio. Ela também era uma candidata. Aposentada, ela tenta realizar o sonho de finalizar uma graduação, já que quando mais nova, não conseguiu terminar o curso de letras.
Nelly Artero e João Pedro Artero, mãe e filho, prestaram juntos o Enem, em Presidente Prudente (SP)
Heloise Hamada/g1
“Na época, eu não tinha condições, a moeda mudava muito, era difícil. Mas, agora, eu quero realizar esse sonho. Quero fazer o curso de direito. Estar com o meu filho me dá muito ânimo”, destacou.
“É a primeira vez que eu faço Enem. Não estudei muito, vou tentar medicina, mas dessa vez vai ser para ver como é a prova e chegar mais preparado ano que vem. O apoio da minha mãe também me dá mais confiança e ter ela junto comigo é um incentivo”, frisou.
A estudante Nikolly Caroline Menotti Rodrigues, de 17 anos, namorada de João Pedro, também fazia parte do grupo. “Também quero medicina e estou confiante. É muito bom também estar aqui com meu namorado, a mãe dele e minha amiga”, falou.
Maria Eduarda Nogueira, Nikolly Caroline Menotti Rodrigues, João Pedro Artero e Nelly Artero foram juntos prestar em Enem, em Presidente Prudente (SP)
Heloise Hamada/g1
A estudante Maria Eduarda Nogueira, de 18 anos, era a mais experiente do grupo. “Estou prestando pela segunda vez e quero medicina. Hoje estou com a ansiedade controlada e mais otimista porque fiz minha parte”, salientou.
Mais de 5,3 mil candidatos se inscreveram para prestar o Enem em Presidente Prudente
Heloise Hamada/g1
Enem 2021
Na região de Presidente Prudente, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), são cerca de 10.150 candidatos inscritos para o Enem 2021, divididos em 11 cidades, sendo:
Presidente Epitácio: 475
Presidente Prudente: 5.377
Presidente Venceslau: 611
Rancharia: 514
Rosana: 318
Adamantina: 466
Dracena: 1.080
Martinópolis: 354
Mirante do Paranapanema: 236
Osvaldo Cruz: 402
Teodoro Sampaio: 317
As provas foram divididas em dois dias: neste domingo (21) e no dia 28. O horário de abertura dos portões é às 12h, com fechamento às 13h. O teste tem início às 13h30.
No primeiro dia, os candidatos têm até às 19h para responder questões de linguagens, ciências humanas e fazer a redação. Já no próximo domingo (28), o prazo é até 18h30 para as provas de matemática e ciências da natureza.
Mais de 5,3 mil candidatos se inscreveram para prestar o Enem em Presidente Prudente
Heloise Hamada/g1
Mais de 5,3 mil candidatos se inscreveram para prestar o Enem em Presidente Prudente
Heloise Hamada/g1
Mais de 5,3 mil candidatos se inscreveram para prestar o Enem em Presidente Prudente
Heloise Hamada/g1
Mais de 5,3 mil candidatos se inscreveram para prestar o Enem em Presidente Prudente
Heloise Hamada/g1
Mais de 5,3 mil candidatos se inscreveram para prestar o Enem em Presidente Prudente
Heloise Hamada/g1
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.