Quino: cartunistas homenageiam com desenhos o criador da Mafalda


Argentino morreu aos 88 anos. Discípulo Miguel Rep o comparou ao Pequeno Príncipe; brasileiro Latuff citou ‘luta’; Laerte lembrou desenho em que ‘denuncia’ influência; veja tirinhas. Colegas cartunistas fizeram homenagens nesta quarta-feira (30) ao argentino Quino, que morreu aos 88 anos.
O argentino Miguel Rep, que teve grande apoio de Quino no início da carreira, lamentou: “Lá se foi meu segundo pai”.
Ele desenhou o mentor como se fosse o personagem de Saint-Exupéry e escreveu: “O verdadeiro Pequeno Príncipe era Quino”.
Initial plugin text
A brasileira Laerte lembrou um desenho de 2014 em que “denuncia” a influência do argentino. “Acabei de saber que o Quino morreu. Ô coisa triste”, ela também disse.
Initial plugin text
Ariel Palacios se emociona ao falar da morte de Quino, criador da Mafalda
O brasileiro Carlos Latuff também fez sua homenagem.
Initial plugin text
Paulo Crumbim lembrou uma homenagem que fez a Mafalda em julho.
Initial plugin text
Leia mais:
Quino morre aos 88 anos
Veja repercussão
FOTOS da trajetória de Quino