Publicações no Facebook podem ajudar a prever doenças dos usuários, afirma estudo

Você é o tipo de pessoa que adora publicar tudo sobre a sua vida nas redes sociais? Uma pesquisa realizada pela Universidade da Pensilvânia em parceria com a Stony Brook University conseguiu listar 21 condições médicas após fazer uma análise de perfil no Facebook, podendo identificar doenças como ansiedadedepressão e diabetes.

Para a realização do estudo, publicado na revista científica “PLOS One” o grupo de cientistas coletaram dados de postagens muito recorrentes no Facebook. Em seguida, essas informações foram cruzadas com dados demográficos dos pacientes – que foram convidados a mostrarem suas publicações antigas e Registros Médicos Eletrônicos (EMR, sigla em inglês). Com isso, os pesquisadores conseguiram coletar informações como idade, sexo e raça dos pacientes estudados.

Mais de 900 pessoas tiveram suas publicações analisadas, contabilizando 949 postagens no Facebook. Os resultados mostraram que uma basta uma atualização de status para saber identificar uma gravidez ou com doenças de pele.

De acordo com o artigo, mais de dois bilhões de pessoas publicam informações regulares sobre a vida pessoal nas redes sociais como sentimentos, personalidade e comportamento.

A análise estatística mostrou os seguintes resultados:

Palavras como “bebida” e “garrafa” mostraram abuso de álcool
Publicações de pessoas que usavam muito as palavras “Deus” ou “orar” são 15 vezes mais propensas a ter diabetes
Expressões mais agressivas, como palavrões e a palavra “burro” e indicava para abuso de drogas e psicoses.