Projeto que institui o Plano Diretor do ‘Intervales’ é aprovado na Câmara de Uberaba

Espaço quer abrigar o Aeroporto Internacional de Cargas e Passageiros do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. O projeto de lei complementar que institui o Plano Diretor do Núcleo de Desenvolvimento Econômico Intervales foi aprovado durante sessão da Câmara de Uberaba realizada na quinta-feira (22).
A área para implantação do Intervales fica na rodovia BR-050, próximo ao km- 116, e já foi declarada como utilidade pública. O projeto prevê a integração rodo-aéreo-ferroviário, aproveitando as múltiplas vantagens que a área oferece para o desenvolvimento da logística na região.
O espaço também teve autorização do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil para ser explorado e quer abrigar o Aeroporto Internacional de Cargas e Passageiros do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.
No Núcleo de Desenvolvimento haverá zonamento urbano para a implantação de indústrias, comércio e serviço, sendo proibido o uso residencial. Entretanto, haverá locais destinados a hotéis para o recebimento e acolhimento de uma população flutuante.
O projeto de lei complementar transforma uma área rural em perímetro urbano, uma vez que a Prefeitura é responsável por ordenar o seu território através de políticas públicas. Segundo o superintendente de Planejamento Urbano da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), Daniel Rodrigues, serão aproximadamente 760 lotes empresariais, para médio e grande porte, como logística e armazenamento.
Duas emendas foram aprovadas, uma de autoria do vereador Rubério dos Santos, que alterou o artigo 24, acrescentando que a instalação de placas contendo a nomenclatura das vias deverá ser feita de acordo com os padrões estabelecidos pelo Município. Outra emenda, de autoria do presidente Luiz Dutra, determina que “nenhum logradouro público no Núcleo de Desenvolvimento Econômico Intervales poderá conter menos de 20 metros de largura”.
Em janeiro, o MGTV teve acesso ao projeto e mostrou que as áreas que vão integrar o Núcleo serão divididas em cinco zonas: Aeroportuária, Ferroviária, de Uso Misto, de Transição 1, e Empresarial 6C. Na oportunidade, a Prefeitura informou que a expectativa é que o empreendimento atinja o ponto máximo de ocupação até 2027.
Prefeitura de Uberaba apresenta o projeto sobre o Plano Diretor do ‘Intervales’

Powered by WPeMatico