Produção de motos no Polo Industrial de Manaus tem queda de 20,9% em oito meses


De janeiro a agosto, foram fabricadas 588.495 motocicletas. Produção do mês de agosto caiu 14,3% em comparação com mesmo mês do ano passado. Produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus.
Adneison Severiano/G1 AM
A produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus (PIM) registrou queda de 20,9% nos primeiros oito meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).
No acumulado de janeiro a agosto deste ano, foram fabricadas 588.495 motocicletas, ou seja, cerca de 155.061 unidades a menos do total de 2019.
O volume registrado em agosto (98.358) corresponde a uma alta de 0,4% na comparação com julho do mesmo ano (97.920 unidades) e queda de 14,3% em relação ao mesmo mês de 2019 (114.738 unidades).
Produção industrial no AM cresce 14,6% em julho, aponta IBGE
Em relação as vendas no atacado, conforme a Abraciclo, as fábricas venderam para as concessionárias 96.415 motocicletas em agosto, volume 5,4% superior na comparação com julho do presente ano (91.454 unidades) e 7,9% menor ante agosto do ano passado (104.649 unidades).
No acumulado do ano, as vendas no atacado somaram 564.988 unidades, significando uma queda de 21,6% na comparação com o mesmo período de 2019 (720.782 motocicletas).
De acordo com o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, a produção de motos vem mostrando uma curva ascendente desde a retomada gradual das atividades indutriais, em maio. Ele afirma que o volume poderia ser maior, mas as fábricas ainda operam com restrições, atendendo a protocolos de segurança contra a Covid-19.
IBGE: Produção industrial do Amazonas registra crescimento