Procissão do Fogaréu acontece nesta quarta (28) em Bacabal, no Maranhão


Procissão que encena a prisão de Jesus Cristo já é tradição e envolve toda a população da cidade. Centenas de pessoas caminham com tochas nas mãos na Procissão do Fogaréu
Divulgação/Diocese de Bacabal
Segundo a Diocese da cidade de Bacabal, a 240 Km de São Luís, o espetáculo da Procissão do Fogaréu acontecerá no dia 28 de março, quarta-feira santa. O evento é apontado pela igreja como um dos principais eventos religiosos do Maranhão.
Conforme informado pela Diocese, a procissão que encena a prisão de Jesus Cristo terá início às 18:30 horas com a iluminação pública apagada, ao som de tambores e apenas com as luzes das tochas acessas.
A procissão
De acordo com a Diocese de Bacabal, a tradição da Procissão do Fogaréu existe desde 2015, quando o frade franciscano Osmar Rodrigues de Jesus trouxe o costume para a cidade.
Ao som de tambores e à luz de tochas, tem início a Procissão. O ritual simboliza a procura e a prisão de Cristo. Cerca de 40 homens encapuzados representam os soldados romanos, carregam as tochas enquanto um coro entoa cantos.
Durante a Procissão do Fogaréu, homens encapuzados que representam soldados romanos carregam tochas pela cidade
Divulgação/Diocese de Bacabal
A procissão é acompanhada por aproximadamente 12 mil pessoas, segundo a Diocese de Bacabal . Os fiéis partem da Praça da Igreja Matriz São Francisco das Chagas, passam pelas ruas da cidade e chegam novamente na Praça da Igreja Matriz, onde é feito o papel da Crucificação, onde Cristo foi morto na Cruz.
Em seguida, o toque do clarim anuncia que Jesus está morto e se faz um momento de silêncio. É o fim da procissão. Depois disso, o corpo do personagem que representa Cristo é sepultado dentro da lendária Igreja Matriz.
Prisão e morte de cristo fazem parte da Procissão do Fogaréu pelas ruas da cidade de Bacabal
Divulgação/Diocese de Bacabal

Powered by WPeMatico