PRF registra 759 acidentes e 50 mortos nas estradas federais na Semana Santa


Ambas as ocorrências diminuíram em relação ao mesmo feriado em 2018, diz o órgão. Mulher morreu em acidente na BR-285, no Rio Grande do Sul, após colisão frontal na madrugada do Domingo de Páscoa (21)
PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal contabilizou 759 acidentes nas estradas federais no feriado da Semana Santa, de acordo com um balanço preliminar divulgado nesta segunda-feira (22).
A operação de fiscalização começou na quinta (18) e terminou neste Domingo de Páscoa (21). Veja os destaques:
houve redução de 11% no número de acidentes em relação aos 854 registrados no mesmo feriado, no ano passado, de acordo a PRF — não há comparação, no entanto, entre o número de veículos que estiveram nas estradas em ambos os períodos;
houve menos mortes: 50, uma queda de 28% em relação à Semana Santa de 2018, quando 70 pessoas morreram em decorrência de acidentes;
o número de feridos foi de 962 contra 905 no mesmo período do ano passado;
foram aplicadas 35 mil multas, a maioria por excesso de velocidade e ultrapassagem proibidos;
subiu o número de infrações por beber e dirigir e por transporte de crianças sem cadeirinha ou dispositivo equivalente.
A PRF diz que o número de mortos e de acidentes graves foram os menores em 12 anos para essa operação. Esses montantes vêm caindo desde 2017, de acordo com o gráfico divulgado pelo órgão.
Dados da Polícia Rodoviária Federal apontam queda no número de acidentes graves e de mortes no feriado da Semana Santa desde 2017
PRF
Ultrapassagem e excesso de velocidade
Ao todo, os policiais rodoviários federais fizeram 35.077 autuações nos 4 dias de fiscalização. Ultrapassagem irregular e excesso de velocidade foram, assim como nos últimos feriados, as infrações mais registradas. Foram 4.665 ultrapassagens indevidas e 75.800 imagens capturadas pelos radares fotográficos por excesso de velocidade, relatou a PRF.
Também foram autuados 980 motoristas por beber e dirigir, 26% a mais que em 2018.
O número de crianças sendo transportadas em desacordo com a legislação também subiu, 9%: foram 512 flagrantes deste ano contra 470 no ano anterior.
Como transportar crianças no carro? Guia Prático do G1 explica