Prefeito de Barreirinha (AM) flexibiliza decreto e autoriza aplicação de provas do Enem


Cidade, que enfrenta avanço de casos de Covid, tem 1.006 inscritos no exame. Caderno de provas do Enem 2019.
Ana Carolina Moreno/G1
O prefeito de Barreirinha, Glenio Seixas, voltou atrás e autorizou a aplicação de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O decreto que havia suspendido o Enem na cidade foi flexibilizado nesta segunda-feira (22).
Um total de 1.006 inscritos devem realizar o Enem em Barreirinha. Em todo o Amazonas, são mais de 160 mil inscritos para realizarem as provas nesta terça e quarta-feira (23 e 24).
Veja perguntas e respostas para quem vai participar do Enem no Amazonas
Pelo Enem, governador do AM decreta ponto facultativo e feriado escolar
“Decidi tomar a decisão de flexibilizar o nosso decreto, visto que o Enem é um exame nacional, então nós colocaremos nas ruas todas as fiscalizações necessárias para que esses alunos possam ter a seguridade de ter o monitoramento eficaz dentro das escolas, e fora dela até as suas casas”, informou o prefeito, por meio de assessoria.
Segundo a prefeitura, o decreto tem como objetivo reduzir o alto número de pessoas infectadas pela Covid-19, além do crescente número de óbitos. Até esta segunda, mais de 1,9 mil pessoas foram infectadas na cidade, e 47 morreram (20 nos últimos 30 dias).
Ainda conforme a prefeitura, o pacote de medidas de segurança inclui o termo de compromisso como a notificação sanitária dos estudantes, para que eles possam se manter em quarentena.
O plano de ação do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de Barreirinha também deve ser intensificado no município durante os dias da realização das provas.
VÍDEOS: mais assistidos do G1 Amazonas nos últimos 7 dias