Polícia da Filipinas apreende 1.529 tartarugas contrabandeadas

A polícia da Filipinas encontrou 1.529
tartarugas em quatro malas abandonadas no desembarque no Aeroporto Internacional Ninoy Aquino, em Manila, no domingo (3) 

As malas pertenciam a um passageiro que embarcou no aeroporto internacional de Hong Kong

Todos os animais estavam sendo transportados com as patas presas por fita adesiva

Algumas tartarugas foram encontradas empilhadas em caixas de papelão

Outras, estavam em caixas de plástico e espalhadas entre as roupas nas bagagens que foram despachadas no embarque

Entre as espécies que estavam sendo contrabandeadas estavam tartaruga estrela, tartaruga de patas vermelhas, tartaruga de sulcadas e tartaruga de orelha vermelha

As tartarugas apreendidas podem valer até 87 mil dólares, cerca de R$ 322 mil 

As autoridades filipinas acreditam que o passageiro foi informado sobre a fiscalização e abandonou as bagagens na área de desembarque

A pessoa que é pega fazendo contrabando de animais silvestres pode pegar até dois anos de prisão e pagar uma multa

Desde o começo deste ano, a polícia da Filipinas interceptou nos aeroportos do país 63 animais silvestres, entre eles iguanas e camaleões 

Em 2018, foi recuperado um total de 560 animais selvagens e 254 corais

As tartarugas movimentam o mercado de animais exóticos de estimação na Ásia 

Alguns países asiáticos também têm interesse na carne e no uso medicinal desses animais