Polícia apreende cinco celulares após morte de MC Kevin no Rio


Um dos aparelhos retidos é o do funkeiro. Causa da morte foi traumatismo craniano, segundo laudo do IML. A Polícia Civil do RJ apreendeu os celulares de Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, e de mais outras três pessoas que estavam no quarto do qual o funkeiro caiu no último domingo (16). O artista morreu após a queda do quinto andar de um hotel na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.
Cinco aparelhos foram retidos: o do MC; o de uma mulher com quem Kevin supostamente se envolveu no fim de semana; o do assessor dele, Jonathan, e dois de um amigo, o também funkeiro Victor Fontenelle, o MC VK.
Segundo o Instituto Médico-Legal, a causa da morte foi traumatismo craniano, causado por ação contundente (violenta). O enterro de Kevin acontece nesta terça-feira (18), no Cemitério Parque dos Pinheiros, no Tremembé, Zona Norte de São Paulo.
Polícia diz que queda foi vão do prédio de hotel e piscina; veja imagens do local
Última apresentação do funkeiro não tinha autorização
A polícia investiga se ele tentava pular da sacada em direção à piscina. Outra hipótese investigada pela Polícia Civil é que ele tenha tentado passar de um quarto para outro pela varanda e acabou caindo.
Equipes da 16ª DP (Barra da Tijuca) estavam, no início da tarde, no hotel onde estava o artista para fazer diligências na piscina e no quarto. O objetivo era esclarecer os fatos relacionados à morte do cantor.
Exame toxicológico
A Polícia Civil pediu exame toxicológico no corpo de MC Kevin, de 23 anos. A informação foi confirmada pela polícia e pode esclarecer se o funkeiro fez uso de drogas ou não antes do acidente.
Na segunda-feira (17), a polícia tomou um novo depoimento de amigos e da mulher de Kevin, Deolane Bezerra. Eles estavam no mesmo hotel de Kevin.
Além deles, uma mulher com quem supostamente Kevin teve um envolvimento no fim de semana também foi ouvida na 16ª DP, na Barra da Tijuca, onde o caso foi registrado.
Na parte da manhã, a mãe do funkeiro, Valquíria Nascimento, esteve no IML do Rio para liberar o corpo de Kevin.
VÍDEO: O que se sabe sobre a morte de MC Kevin
MC Kevin morava em Mogi das Cruzes (SP), mas estava no Rio porque tinha feito um show em uma boate em Vila Valqueire, na Zona Oeste, no sábado (15). O evento era clandestino. A Secretaria Municipal de Ordem Pública informou que já identificou os responsáveis e que as medidas cabíveis serão tomadas.
Há duas semanas, ele se casou com Deolane em uma praia do México. Os dois estavam juntos no último show do cantor.
MC Kevin cantou a superação e encantou a ‘quebrada’; conheça principais sucessos
REPERCUSSÃO: MC Brinquedo, Jojo Todynho e outros artistas lamentam a morte
FOTOS: veja imagens do artista
Até este domingo, pouco antes da morte, o artista tinha 8,6 milhões de seguidores no Instagram. Na madrugada de sábado (16) para domingo, ele postou um vídeo em seus stories:
“E aí, família, suave, como que vocês estão? Estou aqui na Barra, partiu show”, disse o cantor.
Após a notícia da morte, Deolane fez uma postagem em homenagem ao marido.
“Você é e sempre será o amor da minha vida o amor mais lindo que tive, o homem que mais me amou e me admirou ! Vai com Deus meu menino eu sempre vou te amar !!! ”
Mulher do MC Kevin fez postagem no Instagram após a notícia da morte
Reprodução
Deolane Bezerra, também postou nas redes sociais uma foto do show do MC na madrugada deste domingo (16) no Rio
Reprodução/Redes Sociais
Uma das últimas postagens de MC Kevin nos stories do Instagram
Reprodução
Músicas de sucesso
O artista já lançou músicas com artistas como MC Guimê e Igu, além de diversas outras canções desde seu primeiro lançamento, em 2013. Kevin nasceu na Vila Ede, na Zona Norte de São Paulo.
Conhecido por sucessos como “Cavalo de Troia” e “O menino encantou a quebrada”, Kevin tem registrados quase 1,8 milhão de ouvintes mensais no Spotify. (Veja dez hits do artista mais abaixo).
O funkeiro MC Kevin, seguido por mais de 7,5 milhões de seguidores no Instagram.
Reprodução/Redes Sociais
Em 2021, lançou o álbum Fênix. Durante a carreira, fez participações em faixas de diversos artistas, como MC Ryan SP, MC Don Juan, Mc Hariel, Salvador da Rima, NOG e MC Davi.
Um dos maiores sucessos com a voz de MC Kevin é “Vergonha pra Mídia”, parceria com outros MC da nova geração do funk consciente de SP, com uma letra combativa sobre a vida na favela.
MC Kevin em foto no Instagram
Reprodução
O funkeiro também se envolveu em algumas polêmicas nos últimos anos. Neste ano, quatro policiais militares se sentiram ofendidos após publicações do cantor em redes sociais.
Em maio do ano passado, o músico foi alvo de uma denúncia de moradores do condomínio onde mora, em Mogi das Cruzes, por ter quebrado o isolamento social de prevenção ao coronavírus.
Em junho de 2019, o músico foi preso em um hotel de Belo Horizonte por consumo de drogas.
VÍDEO: MC Kevin em 10 hits
Vídeos: os mais vistos do Rio nos últimos 7 dias
Initial plugin text