Pianista Vitor Araújo lança single com tema de trilha sonora feita na Suíça para espetáculo de teatro


A composição ‘Le passage d’une planète nomade dans un système solaire’ chega ao disco com cordas orquestradas por Felipe Pacheco Ventura. ♪ Assim como Amaro Freitas, Vitor Araújo é pianista de toque também singular e nasceu no Recife (PE). Tal como o conterrâneo, Araújo vem pavimentando caminho na música que o levou de Pernambuco para o mundo.
Enquanto Amaro Freitas evolui na universalidade da jazzística rota afro-brasileira do terceiro álbum, Sankofa, Vitor Araújo se firma na Europa como músico e compositor na área teatral.
Le passage d’une planète nomade dans un système solaire – single que Araújo lança na próxima sexta-feira, 16 de julho – perpetua em disco um dos temas para piano solo que integram a trilha sonora composta pelo artista, na Suíça, para o espetáculo Entre chien et loup, uma das atrações da 75ª edição do Festival de Avignon, evento de performances cênicas em cartaz na França de 7 a 25 de julho.
Em vez de editar o tema Le passage d’une planète nomade dans un système solaire tal como ele foi apresentado em cena, Vitor Araújo retrabalhou a faixa ao voltar ao Brasil com o objetivo de lança obra musical autônoma.
Além da engenharia de som feita por Bruno Giorgi, o tema ganhou cordas orquestradas por Felipe Pacheco Ventura. Tanto Giorgi quanto Ventura já trabalharam com Vitor Araújo no último álbum do pianista, Levaguiã Terê (2019).
A trilha sonora do espetáculo Entre chien et loup é a segunda colaboração de Vitor Araújo com a diretora Christiane Jatahy. A primeira foi a composição da música de Le présent qui déborde (2019), outro espetáculo encenado pela diretora brasileira na Europa.