Pesquisa mostra que plástico no fundo do mar não se decompõe

Plástico acumulado no fundo dos oceanos não se decompõe facilmente

Plástico acumulado no fundo dos oceanos não se decompõe facilmente
Martine Perret/ONU Meio Ambiente

Um instituto de pesquisa do Japão anunciou que os resultados de seu estudo sobre a poluição nos mares podem mostrar que lixo plástico acumulado no fundo dos oceanos não se decompõe facilmente.

A Agência Japonesa de Ciência e Tecnologia Marinha e Terrestre realizou pesquisas no fundo do mar em agosto e setembro, nas águas ao largo da Baía de Sagami, ao sul de Tóquio, e da Península de Boso, a leste da capital japonesa.

Segundo o instituto, um estudo usando um submersível não tripulado descobriu uma embalagem plástica de alimento praticamente na sua forma original no leito do oceano, a cerca de 6 mil metros de profundidade. Na embalagem, consta que o produto foi fabricado em 1984.

Leia também:

Quais são as opções para substituir os canudinhos de plástico?