Peixe-boi tem a palavra ‘Trump’ escrita em seu corpo na Flórida


Espécie é protegida por leis estaduais estaduais e federais nos EUA, e investigação foi aberta pelo Serviço de Pesca e Vida Selvagem do país. Peixe-boi tem a palavra ‘Trump’ escrita em seu corpo na Flórida
Reprodução/Citrus County Chronicle
O Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos tenta descobrir quem escreveu a palavra “Trump” no corpo de um peixe-boi nas cabeceiras do rio Homosassa, ao norte de Tampa, na Flórida.
A descoberta foi no domingo (10) e o peixe-boi não parecia ferido, segundo a agência federal americana, porque aparentemente a palavra estava gravada em algas grudadas em seu corpo.
A informação foi divulgada pelo jornal local “Citrus County Chronicle” e depois reproduzida pela rede de televisão NBC.
A espécie se move lentamente, o que a torna vulnerável a redes de pesca, motores de barcos e interação humana.
Espécie ameaçada
O peixe-boi estava na lista de espécies ameaçadas de extinção até 2017, quando passou a ser classificado como espécie ameaçada.
Eles são protegidos pela Lei do Santuário de Peixes-boi da Flórida e pelo governo federal tanto pela Lei de Proteção aos Mamíferos Marinhos quanto pela Lei de Espécies Ameaçadas.
Assediar um peixe-boi pode resultar em multa de US$ 50 mil (cerca de R$ 275 mil) e/ou até um ano de prisão em presídio federal nos EUA.