‘Pedimos a Deus que conforte a ela e aos familiares dos 4 que estavam com ela na aeronave’, diz Bolsonaro sobre morte de Marília Mendonça


Avião em que a cantora e outras quatro pessoas viajavam caiu próximo a uma cachoeira, em Minas Gerais. Velório será em Goiânia (GO). Marília Mendonça conquistou fãs e reconduziu a força feminina para o sertanejo; veja o perfil
O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar neste sábado (6) sobre a morte da cantora Marília Mendonça. Em vídeo publicado em uma rede social, Bolsonaro diz que a morte de Marília provoca “sentimento de profundo vazio” e pede “a Deus que conforte a ela e aos familiares” das outras quatro pessoas que estavam na aeronave e que também morreram.
“Obviamente o dia de ontem (sexta, 5) foi bastante proveitoso para nós, mas também um dia triste pelo passamento da cantora Marília e mais quatro pessoas que estavam na sua aeronave. Mas essa é a vida”, disse Bolsonaro.
Bolsonaro lembrou que a cantora deixa um filho de dois anos e recordou que, quando foi vítima de uma facada em 2018, pediu a Deus que a filha Laura órfã.
“E agora com a Marília aconteceu esse acidente lamentável, com mais quatro passageiros, e ela deixou um garoto de 2 anos. É a nossa vida, é o sentimento de profundo vazio, que acontece no nosso meio quando uma pessoa de nossa família ou de conhecimento nosso pela sua vida, seu profissionalismo, nos deixa. Pedimos a Deus que conforte a ela e aos familiares dos quatro que estavam com ela na aeronave”, completou o presidente.
Marília Mendonça, de 26 anos, e mais quatro pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (5) após a queda de um avião de pequeno porte perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais.
LEIA TAMBÉM:
FOTOS: relembre a carreira de Marília Mendonça
CARREIRA: Marília Mendonça cantou ‘sofrência’ empoderada
REPERCUSSÃO: famosos lamentam
REDE SOCIAL: há dois anos, cantora fez post sobre não gostar de avião
SAIBA MAIS sobre as vítimas do acidente de avião
Os corpos da cantora, do tio e assessor dela Abicieli Silveira Dias Filho e do produtor Henrique Ribeiro foram liberados pelo Instituto Médico Legal de Caratinga na madrugada deste sábado (6), depois que advogados da família da artista chegaram para cuidar dos trâmites burocráticos com a funerária.
Já os corpos do piloto, Geraldo Martins de Medeiros Júnior, e do copiloto, Tarciso Pessoa Viana, foram liberados do IML na manhã desse sábado e estão na funerária. Eles serão transportados para Brasília, mas o horário não foi divulgado.
Morte de Marília Mendonça: como foi o voo e qual era a aeronave
Por volta de 7h15, a Polícia Civil escoltou a saída de dois carros da funerária a caminho do aeroporto, levando os corpos de Marília, do tio e do produtor dela.
Os corpos da cantora e do tio já seguiram para Goiânia. Eles serão velados juntos, neste sábado (6), no Ginásio Goiânia Arena.
O comunicado diz ainda que o velório será aberto ao público e acontecerá de 13h às 16h. De acordo com o governador Ronaldo Caiado (DEM), a expectativa é de que mais de 100 mil pessoas passem pelo local para o adeus à cantora.
A assessoria informou ainda que o sepultamento será preservado aos familiares, no Cemitério Parque Memorial, em Goiânia.
Marília Mendonça
Arte/g1
Initial plugin text