PC Castilho joga ‘Tambor no mar’ para saudar Iemanjá


Artista lança single com música inédita composta em parceria com Nei Lopes. Compositor, arranjador e instrumentista fluminense, hábil tanto no toque da flauta como no manuseio do violão, PC Castilho joga Tambor no mar para saudar Iemanjá, orixá das águas, alvo de festa na Bahia neste domingo, 2 de fevereiro.
Disponível desde sexta-feira, 31 de janeiro, o single Tambor no mar é a primeiro amostra do álbum que o artista pretende arremessar na correnteza deste ano de 2020. Inédita, a composição é parceria de Castilho com o bamba das letras Nei Lopes, autor dos versos que celebram Iemanjá no tom afro-brasileiro do cancioneiro de Lopes.
A música Tambor no mar foi gravada com as vozes de Ana Costa, Cláudio Jorge, Nego Álvaro e Nilze Carvalho. Os músicos Adalberto Miranda (no baixo acústico), Antônio Neves (na bateria), Fábio Luna (nos efeitos da moringa-mar), Gabriel Geszti (no piano), Hudson Santos (no violão) e Marcelo Caldi nos teclados se harmonizam com o violão, a flauta e o canto de PC Castilho.