Papeis da Braskem devem sair da bolsa de NY por atraso em entrega de formulário

Negociações foram suspensas; na semana passada, executivos já tinham alertado que a empresa talvez não conseguisse entregar o formulário no prazo de 16 de maio. A Braskem afirmou nesta segunda-feira (13) que não vai conseguir entregar no prazo o formulário 20-F de 2017 com informações da petroquímica ao regulador do mercado norte-americano e por isso as negociações de seus papeis na bolsa de Nova York foram suspensos, e os os mesmos deverão ser deslistados.
Na semana passada, durante teleconferência de resultados de primeiro trimestre, executivos da companhia já tinham alertado que a empresa talvez não conseguisse entregar o formulário no prazo de 16 de maio.
O 20-F é um relatório com informações detalhadas e que deve ser entregue anualmente por todas as empresas com papéis negociados em bolsas de valores dos EUA. A empresa vinha atrasando a entrega do documento desde o início do ano passado.
A Braskem afirmou em comunicado ao mercado que espera que suas ADSs estejam disponíveis o quanto antes para negociação no mercado de balcão organizado (OTC) nos Estados Unidos.
Segundo a companhia, controlada por Odebrecht e Petrobras e que está em processo de venda para a europeia LyondellBasell, a empresa ainda está trabalhando em informações sobre verificação de controles internos, afirmando que os dados sobre seu desempenho financeiro, já entregues no Brasil, estão corretos.
A Braskem afirmou que a deslistagem está sujeita a recurso. Na semana passada, executivos da companhia disseram que a empresa recorreria para suspender o processo, algo que pode levar meses. Se a empresa conseguir nesse processo de apelação encaminhar o formulário de 2017, o retorno da listagem dos papéis seria automático, afirmaram executivos da empresa.
As ações da Braskem na B3 exibiam queda de 4,7% às 12h49, a R$ 38,29. Nos EUA, a ADSs caíam 2,8%, a US$ 19,71, quando tiveram as negociações suspensas.
Segundo a empresa, donos de ADSs poderão pedir a conversão dos papéis em ações preferenciais durante o período de suspensão. A troca será na proporção de duas ações por ADS.