Pai faz parto do filho em corredor de prédio em Belo Horizonte

Bebê nasceu um dia antes do previsto

Bebê nasceu um dia antes do previsto
Reprodução / RecordTV Minas

“Isso nos torna mais próximos ainda”, fala aliviado o administrador Rodrigo Bastos que fez o parto do próprio filho no corredor do prédio onde mora com a família, no bairro Ipiranga, na região nordeste de Belo Horizonte. A cena foi gravada pelo circuito de segurança do elevador (veja abaixo), por onde eles tentaram descer, mas não conseguiram antes do pequeno João Pedro chegar ao mundo.

A manhã de quinta-feira do dia 22 de fevereiro começou agitada no 13º andar. Bastos chama o elevador e entra com a mulher, a servidora pública Camila Reis, nos braços. O avô da criança que está prestes a nascer acompanha o casal.

O marido tenta colocar Camila de pé dentro do elevador, mas ela não aguenta e fica deitada. As imagens mostram Camila gritando por causa das dores da contração. Ela conta que estava assutada.

— Eu sabia que estava nascendo, mas não queria acreditar. Eu falei que isso acontece em filmes e novelas. Eu não imaginava que isso ia acontecer comigo.

Bastos saiu do elevador para buscar uma mala, mas quando volta, o bebê já está nascendo. Neste momento aparece a mãe do rapaz com a outra filha do casal nos braços.

A situação é tensa. A porta do elevador começa a fechar, e os pais de Rodrigo seguram. É uma corrida contra o tempo. O avô sai do elevador e Rodrigo tenta carregar a mulher nos braços.

Leia mais notícias no Portal R7

De repente aparece um vizinho, que vendo a situação, coloca as mãos na cabeça. Ele ajuda o administrador a levar Camila para o corredor. Os dois homens arrastam a servidora pública para o lado de fora e o parto acontece. Bastos revela que passou por momentos de tensão até garantir que o filho estava bem.

— Foi bem tenso no momento, mas a adrenalina subiu e eu consegui me conter. Eu só sabia que ele tinha que chorar. Eu fiquei um pouco desesperado porque passou mais de um minuto e ele não chorou. Depois a gente foi batendo nas costinhas dele e ele deu a primeira respirada e chorou mais forte. Só então eu fiquei mais tranquilo.

O menino nasceu um dia antes da data prevista para o parto, pesando 2,850 kg e medindo 48 centímetros. Após o parto, Bastos enrolou o filho em um lençol e ficou em frente a um apartamento, cercado por vizinhos e pelos avós da criança. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado para levar mãe filho para o hospital. Apesar de todo o improviso, o bebê e a mãe ficaram pouco tempo no hospital. No dia seguinte fora para casa.

O pai comemora o parto bem-sucedido e vai guardar para sempre na memória a emoção do nascimento do João Pedro.

— Ele saiu da barriga da Camila direto para o meu colo. Não teve primeiro que ir para os médicos e os enfermeiros. Isso nos torna mais próximos ainda.

Powered by WPeMatico