Polícia investiga descarte irregular de lixo hospitalar em terreno de Ribeirão Preto


Seringas cheias de sangue, ampolas, algodão e gaze usados estavam em área no Jardim João Rossi. Secretaria da Saúde diz que material não pertence ao município, mas recolheu embalagens. Moradora flagra descarte irregular de lixo hospitalar em terreno em Ribeirão Preto
A Polícia Civil e a Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto (SP) investigam o descarte irregular de lixo hospitalar em um terreno no Jardim João Rossi, em Ribeirão Preto (SP), nesta terça-feira (31). Nenhum suspeito do crime foi identificado.
Segundo apuração da EPTV, afiliada da Rede Globo, a denúncia partiu de uma moradora, que publicou um vídeo em uma rede social na internet. As imagens mostram oito caixas com material infectante, seringas cheias de sangue, ampolas, algodões e gaze usados.
No mesmo local, na Rua do Bosque, há cobertores usados, galhos secos queimados, lixo doméstico, recipientes de isopor, sacolas e copos plásticos, e entulho. O material invade a calçada, impedindo a passagem dos pedestres.
Material hospitalar descartado em terreno foi recolhido pela Prefeitura de Ribeirão Preto
Luciano Tolentino/EPTV
O diretor da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim João Rossi, Carlos Eduardo Paiva, esteve no local e recolheu os materiais hospitalares, acompanhado da Polícia Militar. Um boletim de ocorrência foi registrado por crime de degradação ambiental.
A assessoria da Secretaria da Saúde informou que as embalagens não pertencem ao município, mas foram recolhidas para serem descartadas de forma correta nesta quarta-feira (1º), pela empresa especializada contratada pela Prefeitura.
Terreno na Rua do Bosque acumula lixo e entulho em Ribeirão Preto
Reprodução/Facebook
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão e Franca

Motorista de carro morre e bebê de 4 meses sobrevive após ser lançado para fora de caminhão em acidente em MT


O motorista do carro, um homem de 40 anos, morreu. Cinco pessoas que estavam no caminhão, entre elas o bebê, ficaram feridas. Motorista de carro morreu e bebê de 4 meses sobreviveu após ser lançado para fora de caminhão em acidente na BR-174
Ripa nos Malandros
Um homem morreu e cinco pessoas ficaram feridas após um acidente entre um carro e um caminhão na BR-174, na região de Cáceres, a 220 km de Cuiabá.
Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um bebê, de 4 meses, é uma das cinco pessoas que se feriram. Ele estava no caminhão e sobreviveu ao ser arremessado do veículo.
De acordo com a PRF, o acidente ocorreu próximo ao Distrito de Caramujo.
Motorista do carro, um homem de 40 anos, morreu no local do acidente
Ripa nos Malandros
O motorista do carro de passeio estava saindo de uma estrada vicinal e, ao tentar entrar na rodovia, bateu no caminhão.
Ainda conforme os policiais, o motorista do carro, um homem de 40 anos, morreu no local do acidente. O corpo da vítima ficou preso às ferragens.
As cinco pessoas que estavam no caminhão se feriram, entre elas uma bebê, de 4 meses A criança, após batida, foi lançada para fora do veículo.
As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Regional de Cáceres.
Veja mais notícias sobre a região no G1 MT.