Sine oferta 29 vagas de emprego para Rio Branco nesta quarta-feira (1º); veja a lista


Candidatos interessados devem comparecer pessoalmente à instituição, localizada na Avenida Getúlio Vargas, n°1.670, em Rio Branco. Há vagas para empregada doméstica em Rio Branco
TV Globo
O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) disponibiliza 29 vagas para diversas áreas nesta quarta-feira (1º) na capital acreana. Os candidatos interessados devem comparecer pessoalmente à instituição, localizada na Avenida Getúlio Vargas, n°1.670, em Rio Branco.
O candidato à vaga deve atualizar o seu cadastro no Sine. Aqueles que não tiverem cadastro na instituição, devem levar os seguintes documentos: Carteira de Trabalho, Identidade/CPF, Título de Eleitor, comprovante de escolaridade e de endereço.
As vagas são rotativas, ou seja, são disponibilizadas para o dia, podendo não estar mais disponíveis para o dia seguinte. O Sine se responsabiliza por encaminhar cinco pessoas, no perfil solicitado pelo empregador, para que ele possa escolher qual vai preencher a vaga. O cidadão pode verificar se a vaga ainda está disponível através do telefone 0800 647 8182.
Sine Acre oferta 29 vagas de emprego nesta quarta-feira (1º)
Divulgação/Sine Acre

Curso de Jornalismo da Unifor celebra 18 anos


Atento para as novas diretrizes do mercado, o curso investe em pesquisa, inovação e gestão. Curso da Unifor oferece infraestrutura de ponta aos estudantes para o exercício da prática profissional.
Ares Soares/Unifor
Quando se fala em jornalismo na atualidade, percebemos as suas contínuas transformações. Isso porque a forma de se comunicar e transmitir informação tem mudado com o advento de novas tecnologias e plataformas digitais. E esse tem sido o grande desafio do jornalista no século XXI: se adaptar as novas tendências e garantir seu espaço no competitivo mercado de trabalho.
Diante desse desafio, a Universidade de Fortaleza (Unifor) tem investido na formação de jornalistas, estimulando a prática profissional, com uma infraestrutura de ponta, capaz de formar comunicadores multimodais. Isso foi possível a partir da reformulação de sua matriz curricular, que atende ao artigo 10 das novas diretrizes curriculares nacionais para os cursos de jornalismo, elaboradas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE/MEC).
Wagner Borges, coordenador do curso de Jornalismo da Unifor, fala sobre os 18 anos do curso e suas novas diretrizes. “A universidade viu a oportunidade desse curso há 18 anos e ele tem se consolidado posicionado em um mercado super importante e competitivo, passando por um momento não só de maturação, mas de construção consistente de uma reputação diferenciada por uma nova matriz curricular que colocou o nosso programa pedagógico numa posição destacada, não só no Ceará, mas como também no Nordeste”, afirma Wagner.
Inovação e excelência
“Os cursos de comunicação, de maneira geral, preparam os profissionais para serem empregados nas empresas de comunicação. Quando assumimos a coordenação, propomos exatamente o contrário: que tivéssemos um curso que pudesse oferecer profissionais com vocação para trabalhar tanto nas empresas de comunicação jornalística como também com pesquisa jornalística e na gestão da comunicação das empresas, um mercado que finalmente está se consolidando no Brasil e que exige um perfil que poucos programas de graduação em Jornalismo oferecem no Brasil e nós, pioneiramente, estamos oferecendo na Unifor. Dessa forma, temos hoje um curso que prepara um poliglota digital para trabalhar em qualquer empresa de comunicação. Ou seja, o nosso aluno é o mais qualificado em TV, internet, rádio, impresso, em convergência e em gestão”, relata Wagner Borges.
O curso é também um dos primeiros 100% digitais do Brasil, inovando ainda disciplinas eletivas que vão do branding, macroeconomia ao planejamento, do esporte ao cultural, do jornalismo ambiental ao agronegócio preparando os alunos para a comunicação corporativa, mercado consolidado em todo o mundo. Além disso, neste semestre, o curso de jornalismo irá inaugurar o Núcleo de Estudo e Pesquisa em Comunicação Empresarial (NEPCE), onde será realizado, entre outras coisas, o trabalho de mineração de dados. A nossa ambição é oferecer, até 2019, informações não apenas para a universidade, mas produtos estratégicos essenciais para o mercado com o DNA Jornalismo Unifor.
Núcleo Integrado de Comunicação da Unifor (NIC).
Ares Soares/Unifor
Outro diferencial do curso para o próximo semestre, de acordo com o coordenador do curso, Wagner Borges, é a nova modalidade da disciplina de estágio. Segundo Wagner, a carga horária que antes era de 72 horas agora passa para 200 horas, sendo dividida em Estágio I e II. A primeira será oferecida no 6º semestre e a outra no 7º semestre. A disciplina de Estágio I deverá ser realizada dentro da Unifor, em uma das células do Núcleo Integrado de Comunicação (NIC), na TV ou no setor de Marketing da instituição. Já o estágio II deverá ser realizado em alguma empresa extramuros, como já acontece. O objetivo é fazer com que o estudante possa viver tanto a parte laboratorial como o mercado.
Candice Graziani, diretora do Centro de Ciências da Comunicação e Gestão da Unifor, fala sobre o compromisso da instituição na formação dos futuros profissionais do jornalismo. “O curso de Jornalismo completa 18 anos e celebramos junto aos nossos professores, alunos, egressos e colaboradores, uma história de sucesso e compromisso com a formação ética, pautada na excelência e na experimentação prática. O curso chega a sua maioridade exercitando um jornalismo atento às transformações no campo da Comunicação, orientado às necessidades do mercado e disposto a contribuir com as questões complexas do século XXI. Brindamos às muitas conquistas desses 18 anos e a todas aquelas que seguramente ainda virão, consolidando a reputação de um curso exitoso, que com cuidado e afeto seguimos construindo a cada dia” declara a diretora.
Semana de Comunicação
O curso já tem realizado algumas ações em comemoração aos 18 anos de sua criação. Para o segundo semestre deste ano, de 2 a 4 de outubro, será realizada a semana do jornalismo. A programação será divulgada em breve. já no dia 1º de agosto, será inaugurado o painel comemorativo dos 18 anos do curso.
NIC, maior laboratório de comunicação das regiões norte e nordeste
O Núcleo Integrado de Comunicação (NIC) reúne 85 membros, entre alunos bolsistas, professores e técnicos. Ocupando uma área de 2000 m2, integra 18 salas de aula/laboratórios informatizadas; 36 ilhas de edição não linear; 2 estúdios completos de tv; 4 estúdios completos de rádio; 4 estúdios completos de fotografia analógica e digital; 1 redação multimeios para produção de web jornalismo e impresso, revista impressa e digital; 1 produtora de webtv; 1 célula de mídia interativa; além de uma rádio e tv universitárias
Destaques
O curso dispõe de smartboards e lousas digitais em todas as salas
TV Unifor
18 laboratórios com um computador por aluno
01 agência de notícias
01 agência multimídia
Parcerias de cooperação pedagógica e técnica com instituições em todo o brasil e intercâmbio internacional